Inscrições para concurso da saúde começam nesta sexta-feira (15)

emserhCom vagas distribuídas entre as áreas médica, assistencial e administrativa, as inscrições para o concurso público da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh) começam nesta sexta-feira (15). A taxa é de R$ 80 para nível médio e técnico e R$ 120 para nível superior. Os salários variam de R$ 1.000 até R$ 7.425,31.

“O governador Flávio Dino sancionou o Projeto de Lei criando mil vagas de emprego na área da Saúde. Estamos avançando na realização do concurso, o que nos permitirá ter serviços com mais qualidade”, disse o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula. O Projeto de Lei foi sancionado em 8 de novembro.

O concurso vai contemplar mil vagas para a rede de saúde, inclusive para médicos. “Mais de 20 anos depois, o Governo do Estado volta a fazer concurso público. Nós damos perspectiva de estabilidade e segurança para as pessoas. Durante muito tempo elas não puderam entrar no sistema de saúde, se não por indicação política. Fizemos um sistema por meio do qual as pessoas entravam por mérito próprio. Agora, finalmente, o concurso público, que foi pedido por tantas pessoas, vai ser um referencial”, disse o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula.

As inscrições poderão ser realizadas até as 23h59 do dia 9 de janeiro de 2018, por meio do endereço eletrônico da instituição organizadora (www.institutoaocp.org.br). O candidato deverá selecionar no formulário de solicitação de inscrição a cidade que deseja realizar a prova objetiva.

As provas objetivas para todos os cargos serão realizadas no dia 18 de fevereiro de 2018, mas o candidato deve ficar atento para o horário de realização da prova. Para os cargos assistenciais e administrativos, as provas serão aplicadas durante o período da manhã.  Já os cargos de assistente administrativo e da área médica, as avaliações serão realizadas à tarde

A aplicação da prova será realizada nas cidades de Balsas, Barra do Corda, Caxias, Codó, Imperatriz, Itapecuru, Pinheiro, Presidente Dutra, Rosário, Santa Inês, São João dos Patos, Timon, Zé Doca e São Luís. Em caso de indisponibilidade de locais adequados ou suficientes na localidade de realização das Provas, estas poderão ser realizadas em localidades próximas.  As demais etapas presenciais do concurso público serão realizadas na cidade de São Luís.

Para os cargos da área administrativa, serão oferecidas 51 vagas para candidatos com graduação em direito (com registro da OAB), administração e jornalismo, além de 30 vagas para nível médio e curso técnico como auxiliar. Todos devem apresentar diploma de conclusão da correspondente escolaridade, bem como o registro no órgão de classe.

Para o cargo da área assistencial, o candidato deverá apresentar o certificado de conclusão de curso do nível médio ou o curso técnico equivalente, assim como graduação em biomedicina, farmacêutico-bioquímico, farmácia, fonoaudiologia, enfermagem, fisioterapia, nutrição, odontologia, psicologia e terapia ocupacional. Para os cargos de enfermeiro (Obstetra, UTI Neonatal, UTI Pediátrica, UTI Adulto) e fisioterapeuta (UTI Pediátrica e Neonatal) é necessário ter pós-graduação ou experiência comprovada de dois anos na função.
A seleção do certame ocorrerá em duas etapas e os candidatos serão avaliados por meio de provas objetivas de caráter eliminatório. Na fase seguinte, serão realizadas as avaliações de títulos ou experiências profissionais.

Isenção de taxa

Os candidatos interessados em obter a isenção da taxa de inscrição deverão seguir uma série de orientações para efetuar o pedido, além de providenciar os documentos que possam comprovar a veracidade de sua solicitação.

Haverá isenção para os candidatos, no âmbito do Estado do Maranhão, que estiverem desempregados ou possuírem renda familiar per capta/mês inferior a R$ 100; quem for doador de sangue ou medula óssea (desde que tenha doado três vezes nos 12 meses anteriores a publicação do edital; e o eleitor convocado e nomeado para prestar serviços no período eleitoral.

Das vagas autorizadas, serão ofertadas 60 oportunidades na área médica em diferentes especialidades, 81 para área administrativa e 859 para área assistencial.

Candidatos com deficiência

As pessoas com deficiência têm assegurado 5% das vagas existentes ou das que vierem a surgir no prazo de validade do concurso, desde que os empregos pretendidos sejam compatíveis com sua deficiência, como determina o artigo 37, inciso VIII da Constituição Federal.

Os candidatos inscritos como pessoas com deficiência e aprovados nas etapas do Concurso Público serão convocados pelo Instituto AOCP, para perícia médica, com a finalidade de avaliação quanto à configuração da deficiência e a compatibilidade entre as atribuições do emprego e a deficiência declarada.

O local, a data e o horário da perícia serão divulgados oportunamente no Edital de convocação para realização da Perícia Médica para PcD. O não comparecimento ou a reprovação na perícia médica acarretará a perda do direito às vagas reservadas às pessoas com deficiência e eliminação do concurso, caso não tenha atingido os critérios classificatórios da ampla concorrência.

Para assegurar a concorrência às vagas reservadas, bem como o atendimento diferenciado durante a prova, o candidato deverá encaminhar, até o dia 10 de janeiro via Sedex ou correspondência com Aviso de Recebimento (AR) ao Instituto AOCP, os documentos exigidos no item 5.6 do edital.


Judiciário oficializa entrega de Fórum revitalizado em Bequimão

forum bequimaoO presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), desembargador Cleones Cunha, oficializou a entrega das novas instalações do Fórum Judicial da Comarca de Bequimão, distante 368 quilometros de São Luís.

O Fórum – que leva o nome do “Desembargador Alcebíades Vieira Chaves” – passou por reforma geral, recebendo novo layout; serviços de limpeza; instalações de balcão de atendimento adaptado para pessoas com deficiência; colocação de portas de madeira com ferragens; instalações de luminárias; pontos elétricos, lógicos e quadro elétrico; serviços de emassamento e pintura geral, entre outras melhorias.

A juíza Michelle Amorim Sancho Souza explicou que os serviços na estrutura e regularização na entrega de material de expediente permitiram otimizar o trabalho na comarca, aumentando a produtividade e oferecendo melhores condições de atendimento aos jurisdicionados.

A magistrada falou das dificuldades que encontrou ao assumir a comarca, em novembro do ano passado, devido a problemas de desgaste do prédio, como falta de água e vazamentos no telhado. “As melhorias refletem nas condições de trabalho e ajudam a garantir ao jurisdicionado uma resposta em tempo razoável”, declarou.

O desembargador Cleones Cunha observou que essa seria uma das últimas entregas de sua gestão, que se encerra nesta sexta-feira (15). Ele ressaltou a preocupação em oferecer à população e aos servidores um espaço digno de atendimento e trabalho. “Não poderia deixar de vir a este fórum, que foi denominado em homenagem a um grande magistrado maranhense”, frisou.

A solenidade contou com a participação da Banda da Escola de Música do Município; da promotora de Justiça da comarca, Raquel Madeira Reis; do prefeito de Peri-Mirim, José Geraldo Pereira; além de vereadores, secretários, servidores e pessoas da comunidade.

BEQUIMÃO – Pertencente ao polo judicial de Pinheiro, a Comarca de Bequimão foi instalada em 1995, funcionando na Rua João Boueres, s/nº, Centro. De entrância inicial, também atende à população do município de Peri-Mirim (termo judiciário) e sedia a 111ª Zona Eleitoral.

Atualmente, tramitam na comarca de Bequimão 3.621 processos, com uma demanda média de 70 novos casos por mês. Em 2017, foram proferidas 1132 sentenças e realizadas 1009 audiências e 15 sessões do Júri Popular.

ALCÂNTARA – Ainda nesta terça-feira (12) o presidente do TJMA vistoriou as obras de recuperação do Fórum da Comarca de Alcântara.

O prédio histórico, localizado na Praça da Matriz, recebeu novos móveis; adaptações para acessibilidade de pessoas com deficiência; instalação de pontos elétricos e lógicos; instalação de ar-condicionado; pintura; revisão de cobertura, entre outros. O Fórum também recebeu equipamentos de segurança como pórticos detectores de metal e videomonitoramento.

A visita foi acompanhada pelo juiz titular, Rodrigo Otávio Terças Santos, que avaliou as melhorias como um atendimento aos reclames da população, a exemplo do acesso à sala de audiências, que antes funcionava no segundo andar.

“Trata-se de um prédio tombado, que recebe muitos jurisdicionados e visitantes, que agora contam com melhores instalações e mais segurança”, ressaltou.

De entrância inicial, a Comarca de Alcântara foi instalada em 1988 e pertence ao Polo Judicial de São Luís. Conta hoje conta com 2.000 processos em tramitação e já recebeu 808 novos processos, em 2017. Este ano, também foram despachados 3.372 processos e decididos 668, com 997 sentenças e 622 audiências.


Candidatos do concurso da PM devem consultar local de prova a partir desta quarta (13)

concursoPmOs candidatos do concurso público da Polícia Militar no Maranhão devem consultar a partir desta quarta-feira (13) o local das provas objetivas, que serão aplicadas no domingo (17) nas cidades de São Luís, Imperatriz e Caxias. A consulta estará disponível no site http://www.cespe.unb.br/concursos/pm_ma_17.

As provas objetivas para os cargos de nível superior terão a duração de 3 horas e 30 minutos. Elas serão realizadas às 8 horas (horário local). Já as de nível médio terão igual duração, mas começam às 15 horas (horário local).

O candidato deverá comparecer ao local designado para a realização das provas no mínimo uma hora antes do início do exame. É preciso levar caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente, o comprovante de inscrição e o documento de identidade original.

Será eliminado do concurso o candidato que, durante a realização das provas, for surpreendido portando aparelhos eletrônicos (tais como celulares e mp3), relógio, óculos escuros, chapéu, embalagens e outros materiais. Para ver a íntegra dos itens proibidos, acesse o endereço http://www.cespe.unb.br/concursos/pm_ma_17/arquivos/ED_6_PM_MA_2017___LOCAIS.PDF.

O concurso oferece 1.214 vagas nas carreiras de soldado e tenente, com exigência de níveis médio e superior, respectivamente.


Bequimão: Comissão de concursados de 2017 divulga nota de esclarecimento sobre adiamento de ato

concursados bequimaoNOTA DE ESCLARECIMENTO

Em reunião ontem(11) realizada às 20hs na Escola Aniceto Cantanhede em Bequimão-MA, os Integrantes do grupo de pessoas que estão com ação de reintegração de Posse referente ao concurso de 2007 da Prefeitura de Bequimão decidiram em assembleia que o 1°ATO POR JUSTIÇA ocorrerá após o período de recesso de natal e fim de ano.

A comissão esteve reunida ontem com a Juiza da Comarca de Bequimão. Esteve presente nesta reunião: Raquel Paixão( vereadora), Eduardo Sousa (Advogado) e mais dois representantes da Comissão.

Após os devidos esclarecimentos sobre os processos e quais as ações que posteriormente serão tomadas, decidiu-se adiar o movimento, pois, o primeiro objetivo seria essa conversa da comissão com a Juiza.

A comissão reunida definiu ações que serão tomadas posteriormente e assegurou a todos os presentes que os tramites judiciais estão ocorrendo e que o movimento já teve seu objetivo.

Os presentes foram informados sobre a demora do prefeito de Bequimão, o Sr. Zé Martins, em responder sobre o acordo proposto entre o Ministério Público  em que o Prefeito reintegrasse as 68 pessoas que decidiram abrir mão das indenizações e retroativos salariais, conforme Ata de reunião de 19 de setembro de 2017. 

Nesta data, o Ministério Público deu um prazo de 30 dias ao Prefeito e até a presente dia não obteve resposta do mesmo sobre o possível acordo.

Portanto, decidiu-se que o processo seguiria em juízo. 

Ressaltamos também, a disposição e grande interesse da Juiza da Comarca de Bequimão em resolver essa situação que já perdura por anos e que acaba por ocasionar a demora na realização de um concurso público.

Em conversa, a Juiza foi informada do quantitativo de funcionários contratados e da relação dos estão contratados nas vagas pelas  quais buscam sua reintegração.

A Comissão reafirma o interesse em um ACORDO com o Prefeito e espera que sejam tomadas medidas legais para o mesmo atenda o nosso direito. Partindo do ponto que ele foi um dos nossos maiores incentivadores quando não estava no cargo de prefeito e hoje recorre das decisões, não nos permitindo o digno e merecedor cargo de Funcionários Públicos efetivos do município de Bequimão.
Atenciosamente.

A Comissão

 


Atitude, seriedade e compromisso

Robson PazROBSON PAZ

Do latim crisis, o vocábulo quer dizer “momento decisivo”. Por muito tempo, o Maranhão deparou-se com decisões pouco eficazes, em meio século de domínio oligarca. Na década passada, apesar do crescimento da economia nacional, vimos os indicadores sociais do Estado regredirem. Nem mesmo o fato de ter um maranhense na Presidência da República, nos anos 80, legou ao Maranhão melhor sorte.

Surpreendentemente, no momento em que o país vive a maior crise da história, nosso Estado experimenta conquistas significativas em áreas essenciais, como saúde, educação, segurança, infraestrutura e produção.

Até mesmo das crises pontuais surge esperança. É o caso da substituição da nova adutora do sistema Italuís, que comprometeu o abastecimento d’água para 60% da população de São Luís, no último fim de semana. Foi notável a atuação do governador Flávio Dino. Mostrou como deve agir um governante em momentos decisivos.

Ao tomar conhecimento do vazamento da adutora, determinou a imediata recuperação da peça danificada. Medida óbvia, sim. Mas, foi além ao acompanhar, cobrar pessoalmente gestores da Caema, técnicos e engenheiros das empresas contratadas para executar os serviços, além deixar a população informada de cada ação em curso.

Por quase todo o domingo esteve ao lado dos operários à margem da BR-135, no município de Bacabeira, onde ocorreu o problema. A atitude pouco comum aos políticos mereceu aplausos de quem passava pela rodovia e da maioria da população nas redes sociais.

A postura de Flávio Dino demonstra seriedade na condução do Estado. A preocupação de quem vê os problemas com o olhar de quem os enfrentam, de conhecer as dificuldades das pessoas. Ao tempo em que se sensibiliza com as aflições da população, Flávio Dino mostra firmeza ao não temer os obstáculos. Ao contrário, dispensa manuais que recomendam silêncio ou protocolos midiáticos.

Foi com a mesma determinação e coragem que enfrentou problema na segurança. Acompanhou as operações nas ruas dando o exemplo para as forças policiais no enfrentamento da criminalidade.

Atitude que contagia toda equipe de governo. O ineditismo de ver um órgão do governo fiscalizar outro pode surpreender muitos. Novo jeito de governar adotado por Flávio Dino, que prioriza a transparência e o compromisso com os interesses da população.

É esta seriedade que confere ao Estado a oportunidade de honrar os compromissos com os servidores, que tem salários em dia e o primeiro estado do país a anunciar o pagamento da segunda parcela do décimo terceiro salário.

Em meio às intempéries econômicas, o Maranhão é dos raros estados brasileiros a investir fortemente no oferecimento de serviços públicos com novos hospitais regionais de alta complexidade; maior contingente policial; programa educacional vigoroso; apoio à produção; melhoria da infraestrutura.

São direitos e serviços negados por décadas à população maranhense, sobretudo, os mais pobres.

É gratificante vermos um governador sério, trabalhador, que olha nos olhos dos maranhenses; que age com responsabilidade em resolver problemas, que se arrastam há décadas. Um político diferenciado que se preocupa com o povo, de verdade.

Radialista, jornalista. Secretário adjunto de Comunicação Social e diretor-geral da Nova 1290 Timbira AM


Sarney Filho deu carona em jatinho da FAB para Rocha Loures, homem da mala de dinheiro de Temer, e outros políticos e empresários

sfilho

Do Blog do Garrone

O ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, organizou uma caravana de casais que saiu de Brasília a Foz do Iguaçu, no Paraná, para a premiação do Lide (Grupo de Líderes Empresariais), grupo da família do prefeito de São Paulo, João Doria. O maranhense e o ministro Dyogo Oliveira, do Planejamento, requisitaram o avião da FAB (Força Aérea Brasileira) para a farra.

Segundo a Folha, “o decreto 4.244/2002, que dispõe sobre os voos, permite o uso da frota “somente” para o transporte de vice-presidente, ministros de Estado, chefes dos três Poderes e das Forças Armadas, salvo nos casos em que há autorização especial do ministro da Defesa”.

Sarney Filho, conhecido em Brasília como o rei dos ares, comandou a farra, em abril, com esposas e amigos, entre eles Rodrigo Rocha Loures, ex-assessor especial de Temer preso após ser flagrado com uma mala de R$ 500 mil da JBS, o senador Romero Jucá (PMDB-RR) e o relator da reforma da previdência, Arthur Maia (PPS-BA). O presidente do TST (Tribunal Superior do Trabalho), Ives Gandra, embarcou com uma assessora. lores
Também viajaram o tucano Antonio Imbassahy (Secretaria de Governo), que pediu demissão na sexta (8), e a mulher, Márcia, que também pegou carona em outras missões oficiais. Gilberto Kassab (Ciência, Tecnologia e Comunicações), do PSD, voou na companhia de amigos e empresários.

Um deles é Marcelo Rehder, contemporâneo de faculdade do ministro e diretor da empresa Ella Link, envolvida em um projeto do futuro cabo submarino Brasil-Europa. Ele pegou carona, por exemplo, para uma agenda de Kassab no Instituto Butantã, em São Paulo, que produz vacinas.

Outro passageiro em voos do ministro é Paulo Tonet Camargo, vice-presidente de Relações Institucionais do Grupo Globo e presidente da Associação Brasileira de Rádio e Televisão. Em três ocasiões, houve agendas relacionadas ao setor de comunicações, como um jantar da RBS, afiliada da Globo no Rio Grande do Sul.

O evento, em um resort próximo das cataratas, durou três dias.


Edital do concurso da Saúde será publicado nesta segunda-feira (11)

emserhO edital para o concurso da saúde criado pelo Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, será publicado nesta segunda-feira (11). Estão sendo oferecidas mil vagas no quadro efetivo da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh), responsável pela gestão de 45 unidades de saúde na capital e no interior do estado.

As inscrições serão realizadas a partir do dia 18 de dezembro, por meio do site do Instituto AOCP, organizadora do concurso, com o pagamento do valor de R$ 80 para nível médio e técnico e R$ 120 para nível superior. Os aprovados no certame terão direito a remunerações que variam de R$ 1.000 (nível médio) a R$ 7.425,31 (nível superior).

Das vagas autorizadas, serão ofertadas 60 oportunidades na área médica em diferentes especialidades, 630 vagas para as funções de enfermeiro e de técnico de enfermagem, além de 310 vagas distribuídas para os cargos de biomédico, bioquímico, farmacêutico, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, nutricionista, odontólogo, psicólogo, terapeuta ocupacional, técnico em saúde bucal, advogado, analista administrativo, jornalista e assistente administrativo.

O candidato deve escolher a Regional de Saúde para a disputa da vaga no ato da inscrição. A distribuição dos candidatos aprovados no concurso será de acordo com a necessidade/conveniência das unidades de saúde nas regionais as quais os candidatos se inscreveram. As vagas foram distribuídas de acordo com as necessidades das respectivas unidades, apontadas num levantamento feito pela própria rede de saúde.

A presidente da Emserh, Ianik Leal, reforçou o compromisso do Governo do Maranhão com a gestão da saúde, com o constante acompanhamento do trabalho desenvolvido na saúde pública estadual e, sobretudo, compromisso com o usuário, demonstrando que é possível executar um atendimento público satisfatório para o setor. “A realização do concurso é uma demonstração do compromisso do Governo do Estado e da Secretaria de Saúde com a garantia de acesso, por mérito, ao setor público, por meio de concurso, de maneira transparente. Desta forma, busca-se oferecer uma assistência cada vez mais qualificada na rede de saúde do estado”, destacou.

A presidente da Emserh disse, ainda, que a autorização dada para o concurso não interfere na situação dos candidatos aprovados nos seletivos realizados em 2015. “O concurso não interfere no seletivo. As pessoas continuam sendo chamadas, conforme manda a lei, até o final do prazo regulamentar. Todo o procedimento para o lançamento do edital do concurso, provavelmente, só será concluído em janeiro de 2018”, explicou.

Este é o primeiro concurso da saúde depois de 25 anos, sendo que o último foi realizado ainda em 1992. Os candidatos serão submetidos à aplicação de provas objetivas e prova de títulos para os classificados dentro do número de vagas previsto no edital. A carga horária e os vencimentos dos profissionais aprovados obedecerão à Consolidação das Leis do Trabalho.

CONFIRA O QUADRO DE VAGAS

Médicos especialistas
Médico cardiologista: 8 vagas
Médico – clínica médica: 9 vagas
Médico – endocrinologia: 13 vagas
Médico – ginecologia e obstetrícia: 9 vagas
Médico – ortopedia: 7 vagas
Médico – pediatria: 10 vagas
Médico – psiquiatra: 4 vagas

Enfermagem 
Enfermeiro: 30 vagas 
Enfermeiro obstetra: 10 vagas 
Enfermeiro UTI – Adulto: 10 vagas
Enfermeiro UTI – Pediátrica: 10 vagas
Enfermeiro UTI – Neonatal: 10 vagas
Técnico de enfermagem: 560 vagas

Área médica
Biomédico: 15 vagas
Bioquímico: 10 vagas
Farmacêutico: 60 vagas
Fisioterapeuta: 28 vagas
Fisioterapeuta UTI Pediátrica – Neonatal: 10 vagas
Fonoaudiólogo: 15 vagas
Nutricionista: 20 vagas
Odontólogo: 15 vagas
Psicólogo: 15 vagas
Terapeuta ocupacional: 15 vagas
Técnico em saúde bucal: 26 vagas

Área administrativa da Emserh
Advogado: 2 vagas
Analista administrativo: 44 vagas
Jornalista: 5 vagas
Assistente administrativo: 30 vagas


Escola Digna para mudar nossa história

Escola Digna-FDPor Flávio Dino

Paulo Freire é reconhecido no mundo todo por uma ideia transformadora: a de que a Educação é capaz de fazer as pessoas entenderem melhor o mundo à sua volta, e assim mudá-lo. Os ensinamentos deste mestre me inspiraram na decisão de ter lançado o Escola Digna, maior programa de investimento em educação da história de nosso estado. Porque tenho convicção de que é a educação o melhor instrumento de superar perversas desigualdades e obter desenvolvimento verdadeiro.

Também me inspiro na história do saudoso Leonel Brizola, que quando governou o Rio Grande do Sul, priorizou a educação, criando uma verdadeira rede de educação pública. Esse investimento criou as condições para que seu estado se transformasse em referência na qualidade do ensino ao longo das décadas seguintes. Aqui ao lado, desde que rompeu o ciclo oligárquico nos anos 90, o Ceará passou a investir em educação, construindo um caminho de melhorias em seus índices de qualidade de vida.

No Maranhão, só recentemente pudemos vencer os 50 anos de domínio oligárquico que se abateram sobre nosso estado, nos ceifando as oportunidades de desenvolvimento. Ao longo dessas cinco décadas, tentaram ludibriar a população com recorrentes promessas mirabolantes de investimentos em “grandes projetos” que nunca saíram do papel.

Não tenho dúvidas de que o processo mais seguro, para alcançar uma etapa de desenvolvimento para nosso estado, é a educação. Por isso, estamos reformando ou reconstruindo mais de 600 escolas, que representam mais da metade da rede estadual de ensino. Também assumimos a responsabilidade de colaborar com os municípios, construindo 300 Escolas Dignas onde antes as crianças aprendiam em prédios precários.

Dignidade também significa colocar lápis e caderno nas mãos das crianças. O Bolsa Escola, do Governo do Estado, já investiu R$ 100 milhões no maior programa estadual de apoio à compra de material escolar do País, que também gera negócios em milhares de pequenas empresas em todos os municípios.

Criamos 18 escolas de tempo integral, sendo 7 IEMAs (Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão), número este que será dobrado no próximo ano. Democratizamos a gestão das escolas, com a eleição direta de gestores e com as escutas pedagógicas. E valorizamos os professores, pagando um dos maiores salários do país para docentes com carga horária de 40 horas semanais.

Nossas ações, ainda em etapa inicial, já começam a dar resultados. É o que pode ser visto pelo IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica). Revertemos uma tendência de queda no índice e já avançamos em 2016. Em 2018, tenho a convicção de que vamos colher o mais alto índice da nossa história.

Não vamos parar até que a educação do nosso Estado saia dos últimos lugares. Ontem mesmo estava em Santo Antônio dos Lopes, inaugurando mais uma Escola Digna, de um total de cinco inauguradas em uma semana. Lá vi professores chorando, alunos cantando e declamando poemas, funcionários orgulhosos. Garanto a vocês: não há presente maior para mim, pois em cada jovem estudante vejo os jardineiros que estão a semear uma sociedade mais justa e fraterna.

Advogado, 49 anos, Governador do Maranhão. Foi presidente da Embratur, deputado federal e juiz federal.


Inscrições para rádios comunitárias receberem kits de Comunicação são prorrogadas

RadcomAs inscrições para rádios comunitárias do Maranhão receberem kits de comunicação foram prorrogadas até o dia 28 de dezembro. A data final era 15 de dezembro, mas a Associação Brasileira de Radiodifusão Comunitária (Abraço) pediu mais tempo para que todos os interessados possam participar.

O edital para a entrega dos kits foi lançado pela Secretaria da Comunicação Social e Assuntos Políticos (Secap), do Governo do Maranhão. O objetivo é que as rádios comunitárias possam melhorar a estrutura e a programação, intensificando o diálogo democrático com a população maranhense.

De acordo com o edital, 70 Organizações da Sociedade Civil vão receber apoio por meio de distribuição de Kits de Comunicação Comunitária. Também a pedido da Abraço, a comissão de seleção vai ter um participante da associação. “A participação da Abraço vai conferir ainda mais democracia e transparência no processo de seleção das rádios comunitárias, que já estabelece critérios técnicos bem rigorosos”, diz o diretor-geral da Nova 1290 Timbira, Robson Paz.

O kit de Comunicação é composto por itens como transmissor FM 25W, antena Plano Terra, cabo montando 50m, mesa de áudio 4 canais, microcomputador, antena Parabólica com receptor e dois microfones, entregues já no primeiro semestre de 2018. O valor previsto para a consecução do objeto será de R$ 798.396,67.

“Com isso a gente consegue dar mais um passo importante e inovador para que se consiga efetivamente garantir a democratização da mídia no Estado”, afirma Robson Paz.

Pregão presencial

Os kits a serem entregues às rádios comunitárias vão ser adquiridos pelo Governo do Maranhão por meio de licitação, na próxima terça-feira (12), às 15h. A modalidade será Pregão Presencial do tipo Menor Preço Global.

A disputa será feita na sala de reunião do Palácio Henrique de La Rocque, 2º andar, na Avenida Jerônimo de Albuquerque, S/Nº , Calhau, em São Luís.

Na ocasião, será contratada empresa especializada para fornecer os kits transmissores, conforme especificado em edital disponível gratuitamente aos interessados no mesmo endereço acima, de segunda a sexta-feira, das 14h às 18h.

Quem pode participar

Podem celebrar o termo as Organizações da Sociedade Civil com sede instalada no Estado do Maranhão, a partir dos seguintes critérios de seleção: antiguidade da operação da rádio comunitária, contada da data do Decreto Legislativo ou da Portaria do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações que autorizou o funcionamento da rádio; quantidade de apoiadores culturais; número de horas diárias de operação; qualidade dos equipamentos da Rádio Comunitária.

Um diferencial do edital é que as organizações que tiverem suas sedes localizadas em um dos 30 municípios atendidos pelo Plano Mais IDH terão prioridade, sendo dispensadas da fase classificatória, indo diretamente para a fase eliminatória.


Vereadores e lideranças vistoriam obras do Escola Digna em Marajatiua Bequimão

Escola Digna-MarajatiuaOs vereadores Fredson (PCdoB), Raquel Paixão (PSDB) e Danilo Gusmão (PDT), acompanhados do assessor de Articulação Política do governo na regional de Pinheiro, Heliézer Soares, vistoriaram na manhã desta quinta-feira (7), as obras do programa Escola Digna, no povoado Marajatiua em Bequimão.

Também acompanharam a vistoria o presidente do PSDB de Bequimão, César Cantanhede, o ex-vereador Elanderson, além de moradores do povoado.

Segundo Heliézer, a vistoria foi realizada visando buscar informações in loco do andamento em tempo real e acompanhar o cronograma de execução da obra. A escola terá duas salas de aula, banheiros, pátio, direção.

“Agradecemos o governador Flávio Dino pelo trabalho que vem desenvolvendo com ações em vários municípios e Bequimão tem sido um dos que mais tem recebido a atenção do nosso governador. Bequimão já foi beneficiado com a construção da Ponte do Balandro, CRAS, Sistemas de Abastecimento de Água, distribuição de sementes e assessoria técnica aos pequenos produtores, programa Diques da produção no Povoado Jacioca, Carreta da Mulher, IEMA… Enfim, diversas ações e agora também sendo contemplado com o programa Escola Digna, aqui no povoado Marajatiua e outra no povoado Santa Rita. Obras realmente de grande relevância para nossa população”, afirmou Fredson.
Marajatiua-Escola

A obra integra o programa Escola Digna, criado pelo governador Flávio Dino, que substitui escolas de taipa, barro e palha por escolas de alvenaria. Até 2018, serão entregues 300 novas escolas em todo Estado.

O investimento para construção da escola no povoado de Marajatiua é de R$ 347 mil e vai beneficiar alunos do povoado e região. Também está em construção uma unidade do Escola Digna no povoado Santa Rita em Bequimão.