OAB questionará lei que estatizou a Fundação Sarney

Do Blog do Josias de Souza

A seccional maranhense da OAB decidiu questionar na Justiça a constitucionalidade da lei que enfiou a Fundação Sarney no bolso do contribuinte do Maranhão.

Proposta pela governadora Roseana Sarney, filha do tetrapresidente do Senado, a lei passou num estalar de dedos.

Foi publicada, aprovada e sancionada na semana passada. Tudo em exíguos cinco dias.

Assim, com a velocidade de um raio, estatizou-se a entidade de Sarney, rebatizada de Fundação da Memória Republicana Brasileira.

Para a OAB, a nova lei fere os princípios constitucionais da moralidade e da impessoalidade.

Mesmo sem saber quanto vai custar ao Estado, a Assembléia Legislativa aprovou a novidade por 34 votos contra 8.

No video lá do alto, uma paródia produzida a partir de discurso pronunciado no dia da votação pelo deputado estadual Magno Bacelar (PV), proto-aliado da família Sarney.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *