Campanha para prefeito em Bequimão custou R$ 302,5 mil, segundo prestação de contas

Os três candidatos que disputaram as eleições para prefeito de Bequimão, em outubro, gastaram juntos R$ 302,5 mil, segundo informações constantes das prestações de contas à Justiça Eleitoral.

O prefeito Antonio Diniz (PDT) lidera o ranking de gastos. A campanha do pedetista custou R$ 153,3 mil.

Já o prefeito eleito Zé Martins (PMDB) gastou R$ 21 mil a menos que o adversário. As despesas declaradas pelo peemedebista totalizaram R$ 132,2 mil.

O candidato petista Magal teve a campanha mais modesta entre os três concorrentes. Ele declarou à Justiça Eleitoral ter gasto apenas R$ 17 mil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *