Presídio de Pedrinhas pode levar o Brasil ao banco dos réus na OEA

Revista Época

Cela superlotada no presídio de Pedrinhas (Foto: Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão)

Cela superlotada no presídio de Pedrinhas (Foto: Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão)

É altíssima a chance de o Brasil se tornar réu na Corte Interamericana de Direitos Humanos por causa do presídio maranhense de Pedrinhas. Nesta semana, um relatório elaborado por ONGs do setor e pela OAB será enviado ao tribunal. Ele refletirá o caos encontrado por essas entidades numa visita feita ao presídio há dez dias. Em dezembro, a Comissão de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos (OEA) já havia advertido o Brasil a tomar providências em relação ao presídio. Aquela foi uma reação ao assassinato de 60 presos de Pedrinhas ocorridos em 2013. Neste ano, já foram mais onze.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *