Boas notícias para o Maranhão

untitledROBSON PAZ

O Maranhão passou a frequentar posições de destaque em rankings nacionais de indicadores e obter reconhecimento em áreas de elevada importância, como a educação, saúde, transparência e sistema prisional.

São passos significativos na caminhada para melhorar os indicadores sociais, garantir mais qualidade de vida e elevar a autoestima dos maranhenses.

A mais recente boa notícia veio da educação. Conquistamos o segundo maior Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica). Apenas Pernambuco teve desempenho melhor que o Maranhão.

Resultado do trabalho do governador Flávio Dino e equipe, que priorizou a educação. Temos o maior investimento já feito por um governo no setor. As escolas foram e estão sendo reestruturadas, os professores valorizados, maior envolvimento da família no processo educacional. São quase 100 escolas reconstruídas, nomeação de 1.500 professores concursados, seletivo, progressões e promoções para os educadores, ampliação da jornada de trabalho, eleição direta para gestores escolares, reajuste para professores e estímulo à maior participação dos estudantes na vida escolar.

A transparência que tinha o estado como o mais atrasado do país viu o Maranhão se tornar um dos mais avançados. No governo atual, foi criada a Secretaria de Estado de Transparência e Controle e reforçada sua atuação preventiva e investigativa com a nomeação de novos auditores concursados; sancionadas Leis de Acesso à Informação e Anticorrupção. Os filtros antes existentes para esconder os reais destinos dos recursos públicos foram extintos e os investimentos feitos pelo governo do Estado estão ao alcance do cidadão contribuinte.

A pauta quase permanente de rebeliões e mortes no complexo de Pedrinhas, que levou o Maranhão às páginas da imprensa nacional e internacional, agora é substituída por disciplina, trabalho e bons resultados. Nenhuma rebelião em 20 meses, redução drástica nas mortes e fugas. Trabalho reconhecido pela Procuradoria Geral da República (PGR). “Uma melhoria significativa no sistema prisional maranhense, com um avanço considerável no trato humanitário em relação aos detentos, com maior observância aos direitos humanos que por muito tempo estiveram esquecidos ou que foram deliberadamente ignorados no interior dos estabelecimentos prisionais do Estado”, diz o documento da PGR.

Prova desta mudança é a apenada Daiane Camelo, vencedora do I Concurso de Redação da Defensoria Pública Geral da União (DPU) em nível nacional, com a nota de 8,25. Deixamos o topo da macabra decapitação de cabeças para o título de melhores cabeças do país.

Na saúde, tratamento melhor e mais humano. Os serviços oncológicos de Imperatriz são referência para a região e já repercutiu nacionalmente com pacientes de outros estados como o Tocantins procurando o Maranhão para obter melhor atendimento. Cinco hospitais regionais foram concluídos, entregues e atendem maranhenses de todas as regiões. Estão em pleno funcionamento os hospitais de média e alta complexidade de Pinheiro, Caxias, Imperatriz, Santa Inês e Bacabal.

Conquistas que elevam a autoestima dos maranhenses tão atacada nas décadas passadas por ver o Maranhão sempre liderando ranking dos indicadores negativos. As notícias estão melhores é verdade, mas bom mesmo é ver que os recursos públicos agora são investidos em favor daqueles que mais precisam.

Radialista, jornalista. Subsecretário de Comunicação Social e Assuntos Políticos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *