Governo do Maranhão entrega primeira fase da obra no Terminal do Cujupe

foto-2-emap-governo-do-maranhao-entrega-1a-fase-de-obra-no-cujupe-1024x683O Governo do Estado fez a entrega simbólica das passarelas do Terminal do Cujupe (Alcântara), nesta terça-feira (20), importante ponto na rota de ligação entre a Ilha de São Luís e a região da Baixada Maranhense. A solenidade teve a presença do presidente da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), Ted Lago, acompanhado de equipe técnica da empresa.

A obra integra a primeira etapa do projeto de melhorias do terminal, que prevê a construção de uma nova estrutura para embarque multimodal de passageiros, beneficiando o transporte aquaviário e o rodoviário. A ordem de serviço para o início da segunda etapa, que vai erguer um novo terminal, deve ser assinada em janeiro do próximo ano.

“Inauguramos a nova estrutura de embarque e desembarque, que é uma demanda antiga, e marca a primeira fase das obras de implantação do novo Terminal do Cujupe. Antecipamos as passarelas para que a população possa aproveitar o recesso do fim de ano protegida da chuva”, afirmou Ted Lago após descerrar a fita.foto-1-emap-governo-do-maranhao-entrega-1a-fase-de-obra-no-cujupe-1024x683

O presidente da Emap destacou que desde o início do mandato do governador Flávio Dino está sendo realizado um intenso trabalho para garantir a melhoria do atendimento a todos os usuários desse serviço e ações para o desenvolvimento do estado com justiça social. “Depois de concluída a obra, o Cujupe terá sua capacidade de operação dobrada, o que representa um novo momento para a população da Baixada Maranhense, gerando mais negócios, mais investimentos e mais desenvolvimento para essa região tão importante”, declarou.

Segundo Antonio Dionísio, presidente da Associação dos Vendedores Ambulantes do Terminal do Cujupe, as novas passarelas trouxeram benefícios mesmo antes de ficarem prontas. “Nós conseguimos empregar 28 pessoas da comunidade na obra, o que já foi uma grande ajuda para nossa gente aqui da comunidade. A gente também olha o lado dos passageiros, que agora têm um aconchego bacana e não vão se molhar na chuva”, disse.

Jorgeane Almeida de Sousa, moradora da Baixada Maranhense, faz a travessia entre a Ponta da Espera e o Cujupe com frequência. “Foi muito bom essa passarela aqui, pois antes a gente ficava na correria fugindo do sol ou da chuva. Hoje temos uma coisa boa, que melhorou a vida da gente. Gostei muito, mesmo”, comentou.

Mão-de-obra local

A primeira fase do plano de transformação do Terminal do Cujupe (instalação de 365 metros de área coberta linear) foi realizada com o objetivo de proteger os usuários das intempéries, ampliando o serviço de atendimento ao público. As passarelas são duplicadas, de modo a contemplar embarque e desembarque simultâneos. Estão localizadas nas rampas Norte e Sul do terminal.

O projeto foi elaborado pela equipe de Engenharia da Emap, com piso de concreto, estrutura metálica e iluminação interna. Com investimento de R$ 1.186.000,00 de recursos próprios. Para a rampa norte, foi aproveitada a estrutura anterior, que foi adaptada ao novo projeto, sendo incluídas novas estruturas metálicas e cobertura, sistema elétrico e aterramento. Já na rampa Sul, foi construída toda uma nova estrutura.

A obra do Cujupe gerou 51 empregos diretos e 15 indiretos para a comunidade do entorno do terminal. Além disso, a empresa responsável pela obra capacitou 27 pessoas, com a qualificação técnica 11 foram contratados, implicando na assinatura da carteira de trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *