Robson Paz: ponte sobre Rio Pericumã vai desenvolver Bequimão e toda região

ksc_9061ENTREVISTA

Em entrevista concedida ao Jornal Itapetininga, o subsecretário Robson Paz (Comunicação e Assuntos Políticos) afirma que a construção da ponte Central-Bequimão vai mudar o cenário de Bequimão e demais municípios do Litoral Ocidental Maranhense. Ele garante que os serviços estão em curso e que o governador Flávio Dino vai inaugurar a ponte até o final de 2018. Confira os principais momentos da entrevista:

A oposição tem insistido em dizer que a ordem de serviço da ponte foi apenas ato eleitoreiro. É verdade?

Não. Os políticos ligados ao grupo Sarney infelizmente torcem para que obras como esta que beneficiam a população não aconteçam. É o que se pode deduzir desse comportamento. As obras foram iniciadas sim. Ocorre que num primeiro momento eram necessárias máquinas, tratores, caçambas para construir o acesso ao local e o canteiro de obras. Concluída esta etapa evidentemente deixa de ser necessária a presença das máquinas no município. Mas, o canteiro de obras está instalado e começa agora a etapa mais complexa com equipamentos e mão de obra especializada. Existe um cronograma de execução da obra e este será obedecido e fiscalizado permanentemente pelo governo do Estado.

Qual a importância da construção da ponte Central Bequimão?

Trata-se de uma obra sonhada e reivindicada por décadas por nossa população e de todos os municípios da região. O governador Flávio Dino visionário que é priorizou e teremos mais de 200 mil pessoas dos 10 municípios do Litoral Ocidental beneficiados com este empreendimento, que vai gerar oportunidades durante e depois da construção da ponte.

Quais serão estes benefícios?

Primeiro vai gerar emprego e renda, nos próximos 18 meses, período da construção da ponte, tanto diretos quanto indiretos, pois para além de trabalhadores vai criar uma rede de oportunidades, especialmente no setor de serviços, que vão desde alimentação, hospedagem, entre outros. Depois, teremos os dez municípios dotados desta infraestrutura viária, que vai potencializar tanto o escoamento da produção quanto o turismo na região. Teremos maior facilidade de acesso com a redução em mais de 125 km no percurso do litoral à MA-106, que dá acesso a São Luís. Todo este leque de oportunidades nos dá a certeza de que finalmente nosso município e os demais terão um ciclo virtuoso de crescimento.

Qual previsão para conclusão da obra?

O prazo para conclusão dos serviços é de dois anos, mas o governador Flávio Dino ao dar a ordem de serviço lançou um desafio para que a construtora reduza este tempo para 18 meses. De modo, que até o final de 2018 deveremos ter esta importante obra concluída.

A ponte será importante para desenvolver o turismo nesta região?

Certamente. Temos um grande potencial natural e com a ponte vamos explorar com muito mais estrutura o turismo na região. Temos belíssimas praias, rios, a ilha dos Lençóis, a floresta dos Guarás, além de rica diversidade cultural. Tudo isto vai criar as condições para que tenhamos grande avanço no turismo.

A produção também terá benefícios?

Esta é uma região com grande característica agrícola e com a política de apoio à produção abrirá também uma grande perspectiva. Aliás, não apenas agrícola, mas também pesqueira, pois a região é grande produtora de pescado. O tripé produção, turismo e infraestrutura será fundamental para mudar o cenário de pobreza existente nestes municípios, com a geração de trabalho e renda, reduzindo a desigualdade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *