Governo dialoga com gestores de Bequimão sobre o fomento ao esporte no município

Sedel dialoga com gestores de BequimãoCom o intuito de ampliar o acesso ao esporte e lazer o Governo do Estado, por meio da Secretaria do Esporte e Lazer (Sedel), vem dialogando com gestores municipais sobre o desenvolvimento do esporte em todo o Maranhão. Na quinta-feira, 2, o secretário Márcio Jardim recebeu a visita do vice-prefeito de Bequimão, Sidney Nogueira – o Magal -, para discutir projetos e ações destinadas ao município.

Na ocasião o vice-prefeito ‘Magal’ falou da parceria com a Sedel e do Movimento Quilombola de Bequimão, o Moquibequi, que visa buscar apoio junto ao governo estadual para desenvolver atividades esportivas.

“Sabemos da competência do secretário Márcio Jardim e na gestão dele o acesso ao esporte cresceu bastante desenvolvendo atividades. Em Bequimão já tivemos a ‘Caravana Mais Esporte e Lazer’ na zona rural, foram dois dias intensos de atividades e tivemos o apoio da Sedel também em campeonatos. Então buscamos parceria também para desenvolver um projeto junto ao Movimento Quilombola de Bequimão, que visa realizar um campeonato quilombola em nossa cidade”, disse o vice-prefeito.

Para o secretário Márcio Jardim o esporte é uma das principais ferramentas de socialização que ajuda no desenvolvimento humano e a Sedel se empenha para dialogar com os municípios. “O esporte é uma das principais ferramentas de socialização, capaz de despertar bons valores humanos, como a amizade, o coletivismo, a fraternidade e o pleno exercício da cidadania, fatores para promover a paz. Por isso, nos empenhamos ao máximo para dialogar com os gestores municipais, receber as demandas locais e, assim, como contribuir de forma significativa, no que for possível, para o desenvolvimento do esporte maranhense”, disse Jardim.

De acordo com Francisco Sousa, do Movimento Quilombola de Bequimão, a comunidade realiza atividades culturais há quatro anos e agora querem ampliar o Festival Cultural com atividades esportivas. “Fazemos o festival de cultura há quatro anos e este ano queremos ampliar. Além de termos 11 comunidades edificadas, sempre vem Serrano, Santa Helena, São Vicente Ferrer, Alcântara; esse ano queremos estender no âmbito do esporte para incentivar mais nossos jovens às práticas esportivas e, depois, levar a nossa cultura para todos conhecerem e verem a importância da cultura quilombola no Maranhão, que é rico em cultura”, disse o quilombola Sousa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *