Operação Carnaval nos terminais de ferryboat

ferryPara o período de Carnaval, quando os terminais de ferryboat têm pico de movimentação, a Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap) coordena uma força-tarefa em conjunto com a Capitania dos Portos, Agência Estadual de Transporte e Mobilidade Urbana (MOB), Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT), com apoio das agências operadoras.

O planejamento inclui reforço policial e organização de tráfego, além de ambulância, blitz de educação no trânsito, instalação de banheiros químicos (Cujupe) e serviço de van para usuários preferenciais (idosos, grávidas e pessoas com mobilidade reduzida). A Emap cuida da readequação do fluxo de passageiros e veículos nos terminais, enquanto a MOB realiza a fiscalização do serviço de transporte aquaviário intermunicipal de passageiros, cargas e veículos e a Capitania dos Portos atua na fiscalização e segurança marítima.

Durante a Operação Carnaval, a Polícia Militar aumentará o quantitativo de policiais para dar mais agilidade à fiscalização de documentação de passageiros e veículos na entrada do terminal enquanto o Corpo de Bombeiros destinará uma ambulância para atendimento de primeiros-socorros. A SMTT trabalhará em parceria com a Polícia Militar, mobilizando viaturas e agentes.

Em 2016 houve um aumento de 6% no número de passageiros e de 16,5% na quantidade de veículos que passaram pelos terminais da Ponta da Espera e do Cujupe entre os dias 12 e 22 de fevereiro (período contabilizado como fluxo de carnaval) em relação ao ano anterior. Para este ano estão sendo esperadas mais de 100 mil pessoas nos 11 dias do período em que o fluxo aumenta, de quinta-feira (23/2) a domingo (5/3).

A Emap orienta que todas as pessoas tenham atenção com a documentação de identidade de adultos e crianças, o correto acondicionamento de animais, a chegada com antecedência mínima de uma hora antes do horário marcado no bilhete de passagem, além de seguir as orientações dos funcionários nos terminais.

“Comprar passagens com antecedência é a melhor maneira de viajar tranquilo, sem o incômodo das filas. Só ficam submetidos a longas esperas os usuários que vão ao terminal sem passagem”, explicou o gerente de Terminais Externos da Emap, Glauco Vaz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *