Vereador Fredson cobra funcionamento de unidades de saúde e recuperação de estradas em Bequimão

fredsonO vereador Fredson (PCdoB) cobrou a retomada do funcionamento das Unidades Básicas de Saúde do município, na sexta-feira, 17, na Câmara Municipal de Bequimão. As unidades estão há vários meses paralisadas.

Ele pediu também que a prefeitura de Bequimão realize concurso público para as áreas da educação e saúde,  alé de requerer a recuperação da barragem que liga o povoado Jacioca à estrada que dá acesso aos povoados Baixo Escuro, Titara e Zé Felipe; a construção de ponte sobre o Rio do Téco, no Jacioca.

“Quero solicitar do prefeito que retome o funcionamento da UBS do Jacioca que está parada, há meses, sendo que mato já está tomando conta desse estabelecimento de saúde, assim como retome também o pleno funcionamento das demais unidades de saúde de outros povoados que estão paradas”, disse.

EDUCAÇÃO

Fredson afirmou que ainda que as aulas iniciaram neste mês, mas estão faltando professores. “Existem informações na cidade de que será feito um seletivo. No entanto, o prefeito está há quatro anos na gestão do município e acredito que ele teve o tempo necessário para se planejar e ter tomado as medidas necessárias para a realização de um concurso público, que possa dar igualdade de condições para que todos possam disputar o direito de ingressar no serviço público municipal”, defendeu o vereador.


Um maranhense imortal

Por Flávio Dino

josue-montello-01-09-2016O Maranhão é lembrado pelos seus grandes escritores: João Lisboa, Gonçalves Dias, Aluísio Azevedo, Nauro Machado, Ferreira Gullar, Josué Montello. São maranhenses imortais, com produção literária respeitada pela crítica e que sempre será lida em nossas universidades e escolas. Mentes iluminadas que representam a grandeza intelectual de um povo que sempre manteve a altivez de sonhar com tempos melhores.

Neste 2017, temos a honra de celebrar a memória de Josué Montello, em seu centenário de nascimento. Maranhense de brilhante carreira não só como escritor, mas também como jornalista e em sua atuação como gestor público, à frente de algumas das instituições mais importantes da política cultural brasileira.

Na literatura, deixou um exemplo da construção de cenários densos e narrativas complexas a partir de uma escrita límpida. Escritor de reconhecimento nacional, encravou na bibliografia do país as cores, o cheiro e as belezas de nossa cultura. Elas estão em Cais da Sagração, a saga de Mestre Severino, cheio de vontade e esperança, navegando até São Luís para tentar passar sua sabedoria ao neto Pedro. E também nas páginas imortais de Os Tambores de São Luís, obra de grande riqueza artística em que talha um retrato crítico da decadência da oligarquia colonial que arrancava sua riqueza do trabalho escravo. O livro é um libelo da resistência da população negra à escravidão, que deixou marcas em nossa sociedade até hoje. Esse é um grande mérito do bom romance histórico, exemplificado por Os Tambores de São Luís: ao falar do ontem, diz muito sobre o hoje, e extrai dessa dialética uma grande força para se manter vivo. Com efeito, a escravidão ainda ecoa no nosso cotidiano, como é demonstrado pela persistência do racismo, da desvalorização do trabalho humano e pelos arroubos de coronéis da política, que em pleno século 21 ainda se acham “donos” e “senhores”, mesmo que não passem de medíocres figuras.

Para celebrar a memória de Josué, o Governo do Maranhão está organizando para o segundo semestre uma série de comemorações em homenagem ao centenário do escritor. Elas ocorrerão justamente na Casa de Cultura Josué Montello, reaberta em dezembro, após uma ampla reforma e ampliação. Foi instalado nela um museu, com o acervo pessoal de Montello. Lá, estão à disposição do público para consulta a coleção de obras da biblioteca particular do escritor, além de documentos pessoais.  Material disponível para servir de referência para artigos, ensaios, teses e monografias dos estudantes e pesquisadores de nosso Maranhão e do Brasil.

Tenho convicção no poder inspirador da arte e na capacidade transformadora da política cultural.  Por isso que cuidamos dela com tanta atenção, com o apoio aos eventos e às festas populares, aos espaços culturais e inovações, a exemplo da consistente política setorial do audiovisual que estamos implantando desde 2015. O centenário de um escritor como Josué Montello, devidamente destacado, além da dimensão da homenagem, visa funcionar como poderoso estímulo a tantos talentos literários que o nosso Estado possui. E deixo um convite especial: conheçam a Casa de Cultura Josué Montello.

Advogado, 48 anos, Governador do Maranhão. Foi presidente da Embratur, deputado federal e juiz federal.


Festa do Divino de Alcântara contará com apoio cultural do Governo do Estado

unnamed (1)Uma das manifestações religiosas mais tradicionais do Estado, a Festa do Divino Espírito Santo realizada na cidade de Alcântara, já tem apoio cultural garantido. No último fim de semana, o secretário de Cultura e Turismo, Diego Galdino, em visita às Casas de Cultura de Alcântara vinculadas ao Estado, garantiu o apoio do Governo do Maranhão aos festejos que anualmente atraem centenas de turistas à cidade histórica.

“Como todos os anos o Governo do Maranhão continuará apoiado e incentivado a Festa do Divino de Alcântara pela sua importância na preservação da nossa cultura, além de alavancar o turismo e garantir mais emprego e renda para a população do município”, confirmou o secretário.

O secretário Diego Galdino visitou os dois equipamentos de cultura vinculados à Sectur em Alcântara, a Casa do Divino e o Museu Histórico de Alcântara. As duas casas de cultura integram o roteiro turístico e são parte do patrimônio cultural da cidade, servindo como espaço de registro, divulgação, revitalização de sua história, tradição e cultura.

Para o prefeito de Alcântara, Anderson Wilker, o apoio do Governo do Maranhão este ano será muito bem vindo e ajudará a fortalecer ainda mais essa festa tão fundamental para a nossa cultura. “Conhecida mundialmente, a festa do Divino Espírito Santo de Alcântara, é marcada por 12 dias de festa onde mistura-se o religioso com o profano. Além das belezas culturais e históricas, o evento oferece ao público atrações gastronômicas, música e dança, tudo para que se tenha uma grandiosa e atrativa festa”, destacou o Prefeito.

O vereador Haroldo Júnior também manifestou sua satisfação com o apoio. “Temos certeza que esse ano de 2017 será um dos melhores anos do festejo. A Festa do Divino é a nossa maior riqueza cultural e o apoio do Governo do Estado é realmente a esperança e o estímulo que o povo de Alcântara precisa para manter viva essa tradição ímpar e de valor inestimável”, concluiu

Alcântara

No Maranhão, a cidade histórica de Alcântara abriga uma das maiores festas do Divino Espírito Santo. Com cortejos, visitas e rituais ricos em arte, roupas, canto, dança e culinária, a festa remonta os tempos áureos do Brasil Colonial.

Realizada tradicionalmente cinquenta dias após a páscoa, a festa em geral começa com  passeata e o levantamento do mastro da Imperatriz. Nos dias seguintes, a programação conta com alvorada das caixeiras e músicos, missa solene de Ascensão, na Igreja do Carmo, com a coroação da Imperatriz, cortejo pelas principais ruas de Alcântara, retornando à Casa do Divino.

Até o encerramento da festa, a população de Alcântara, assim como os visitantes, poderão conferir os cortejos, as visitas das mordomas e mordomos, procissão com a coroa do Divino e entrega de posto aos futuros festeiros.


Professores do Maranhão receberam 22,05% de reajuste nos últimos dois anos

Valorização-EducaçãoCom o aumento de 8%, concedido pelo Governo do Maranhão para todos os educadores do Subgrupo do Magistério da Educação Básica, o governador Flávio Dino garantiu, em 26 meses de gestão, o equivalente a 22,05% de reajuste.

O percentual é superior à inflação do período, que foi de 16,96%, valor superior, também, ao reajuste concedido por outros estados brasileiros. A partir de maio, com o reajuste integral, que está sendo pago em duas parcelas, o Maranhão terá o maior salário para professores de 40 horas em início de carreira do Brasil: R$ 5.384,26.

“A gestão pública estadual no Maranhão com o governador Flávio Dino passa por uma revolução e na educação não é diferente. As coisas devem ser ditas como elas são. No atual governo há verdade, honestidade e trabalho. Muito trabalho. Os avanços são nítidos”, disse o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, ao avaliar as ações da pasta.

Ainda de acordo com o secretário, nos últimos dois anos, o Governo do Maranhão concedeu mil progressões, promoções, titulações e estímulos e reajustou por duas vezes os salários dos professores contratados. “Nenhum professor da rede estadual recebe abaixo do valor do Piso Nacional, sequer no vencimento básico, tanto para 20 horas, quanto para 40 horas”, ressaltou Camarão.

Entre os avanços no sistema de educação do Estado, o Governo realizou eleições para escolher gestores escolares em 2015 e 2016, envolvendo mais 600 mil pessoas das comunidades escolares. “Além da gestão democrática, garantimos melhores condições nas escolas. Até junho chegaremos a mais da metade das escolas com intervenções na rede física”, destacou o gestor.


Flávio Dino assina contrato com empresas e disponibilizará uniformes para alunos da rede pública

unnamedMais um passo importante foi dado, pelo Governo do Estado, rumo à implementação de uma política de educação efetiva, de qualidade e digna no Maranhão. O governador Flávio Dino assinou contrato com sete empresas maranhenses para aquisição de uniformes para estudantes da Rede Pública Estadual de Ensino. Com a distribuição de fardamento, além da valorização da educação, o Governo aquece a economia do estado, com investimento de quase R$ 6 milhões.

Durante a solenidade, Flávio Dino lembrou que há uma nova perspectiva para educação, adotada pela atual gestão, com investimento, entre outros, na reestruturação dos espaços físicos, investimento em programas de intercâmbio e distribuição de recursos do Bolsa Escola. Agora, mais uma ação importante que compreende a dimensão de valorização dos estudantes, de atenção à renda das famílias e de apoio ao empresariado local.

“São múltiplos os benefícios. Pela primeira vez haverá a distribuição de uniformes escolares para os alunos do ensino médio, com as cores da bandeira do Maranhão, personalizado de acordo com cada escola. Com esses produtos sendo adquiridos no mercado local, são centenas de empresas e de microempreendedores que terão oportunidade de trabalhar, com investimento de praticamente R$ 6 milhões”, destacou o governador.

Flávio Dino também ressaltou que, para além do estímulo à economia, os investimentos representam uma proteção aos orçamentos das famílias maranhenses. “São 700 mil camisas de uniforme escolar, um estímulo, também, aos alunos, e proteção à renda das famílias, uma vez que os vestuários se depreciam muito rapidamente. Nós estamos também ajudando as famílias nesse momento de crise econômica e recessão de emprego e esse conjunto de fatores faz com que estejamos felizes com mais um passo nessa implementação de uma política educacional completa”.

Os uniformes foram apresentados pelo secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão. Ao todo, serão 708.150 unidades de uniformes destinados a todos os alunos de escolas estaduais, em todas as modalidades e níveis de ensino. Cada aluno receberá do Estado dois blusões, com exceção das escolas militares, cujos fardamentos são exclusivos. Felipe lembrou que, além da confecção dos uniformes, as empresas contratadas pelo Governo do Estado realizarão a distribuição em todas as escolas.

“Mais uma ação inédita do governador Flávio Dino na área da educação. Pela primeira vez serão distribuídos uniformes escolares para os estudantes do ensino médio, pelas empresas maranhenses que ganharam a licitação, que irão fornecer esse material. De modo que servirá não apenas para garantir o fardamento para esses estudantes, melhorando a autoestima com uniformes personalizados para cada escola, mas também vai contribuir para o incremento da economia nesse segmento”, defendeu Felipe Camarão.

O investimento do Governo do Estado é na ordem de R$ 5.604.232,29. Recurso que vai aquecer o mercado de malharias e de confecção de uniformes no estado, e terá impacto em outros setores, conforme o secretário de Estado de Industria e Comércio destacou: “Este é um segmento hoje muito organizado que, inclusive, é sindicalizado, que vai a partir desse movimento importante impactar em mais de 600 pequenos negócios, porque essas empresas que ganharam as licitações vão fomentar nas demais empresas uma importante corrente, um importante arranjo produtivo, que vai, nos próximos anos, ser muito importante para a capital e para todo o Maranhão”.


‘Caravana Governo de Todos’ chega à Baixada Maranhense com serviços para a população

IZA_3791-260x170A ‘Caravana Governo de Todos’ chegará às cidades de Palmeirândia, Bacurituba e São Vicente Ferrer nesta sexta-feira (17) e sábado (18). Os mais de 45 mil habitantes das cidades terão à disposição os serviços do Viva, atendimentos na Carreta da Mulher, atendimentos de saúde, assistência para produtores, ouvidoria, além de atividades culturais e esportivas. A programação, organizada pela Secretaria de Estado da Comunicação Social e Assuntos Políticos do Maranhão (Secap), também inclui a inauguração de Centros de Referência de Assistência Social (CRAs) nas cidades contempladas e vistoria de outras obras do Estado.

O secretário da Comunicação Social e Assuntos Políticos, Márcio Jerry, explicou que a Caravana é mais uma ação em que o Governo do Maranhão oferta serviços públicos e ouve a população para estruturar políticas públicas que assegurem melhor qualidade de vida para os maranhenses. “Faremos essa importante ação na sexta-feira em Palmeirândia, e, no sábado, em Bacurituba e São Vicente de Ferrer, levando ações, prestando contas, debatendo com a comunidade, dialogando com as Câmaras Municipais, com os movimentos sociais, com as Prefeituras, enfim, fazendo com que a gente continue com essa agenda de mudanças liderada pelo governador Flávio Dino”.

Em Palmeirândia, o evento acontece na sexta-feira (17), das 9h às 17h. Já Bacurituba e São Vicente Ferrer recebem a ‘Caravana de Todos’ no sábado (18), no mesmo horário. Em todas as cidades, o Viva estará presente oferendo à população mais oportunidades para que garantam o acesso aos serviços da cidadania. Serão oferecidos os serviços de 1ª e 2ª via do RG, inscrição e consulta do CPF, antecedentes criminais e serviços do balcão do cidadão, que incluem emissão de boletim de ocorrência, consultas (NIT, PIS/PASEP, bolsa família), inscrições em concursos e outros serviços online.

Já a Carreta da Mulher Maranhense oferecerá exames preventivos de Câncer de Útero e de Mama, além de outros tipos de exame. As mulheres que procuram atendimento recebem a oferta de orientação jurídica, caso queiram fazer denúncias de abuso sexual, bem como palestras de conscientização. Na área da saúde, o Governo oferecerá vacinação, ações de prevenção de DST/AIDS, além de educação em Nutrição. O Odontomóvel também prestará assistência para a população de Palmeirândia e Bacurituba.

A Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima) fará cadastramentos de pedidos de dispensa de licenciamento para pequenas propriedades rurais e também realizará a entrega de sementes aos participantes do “Mais Sementes”.

Além do atendimento, a população das cidades poderá participar de palestras das secretarias de Estado da Igualdade Racial (Seir), Fazenda (Sefaz), Juventude (Seejuv), entre outras atividades, como as escutas pedagógicas, da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), e oficinas de lazer, realizadas pela Secretaria de Esporte e Lazer (Sedel).

Durante a ‘Caravana Governo de Todos’, a Secretaria de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop) realizará ‘Escutas Territoriais’. Nas escutas, a população escolhe os serviços e obras mais importantes a serem realizados a cada ano pelo Estado. No Orçamento Participativo, a população escolhe como a verba pública será gasta.


Aplicativo do Bolsa Escola contribui com beneficiários e empresários no ato das compras

unnamed“O aplicativo auxiliou ainda mais a vida dos beneficiários do programa e a nossa também, como empresários, porque facilita o acesso para identificar o saldo do cliente. Além do aplicativo, eu disponibilizo um computador conectado na internet e uma linha telefônica para ligarmos para o 0800 do Bolsa Escola. Esses recursos deram mais um gás para as vendas”, comentou Eliene Portela da Rocha, proprietária da Papelaria Videira, localizada na Rua Sol Nascente, no bairro do Sol e Mar.

Assim como Eliene, mais 1.412 proprietários de estabelecimentos estão habilitados no Maranhão para atender a demanda dos 1,2 milhão de alunos beneficiados pelo programa, com faixa etária entre 4 a 17 anos. Esse número de beneficiários em 2017 é 11% maior do que registrado em 2016, ano do primeiro ciclo do programa. A estimativa é de que R$ 59,2 milhões circule nos comércios do Maranhão, contribuindo com o crescimento e fortalecimento do empresariado local. O valor estimado é o total de recursos investidos pelo Governo do Maranhão para a realização do programa social este ano.

Tornando ainda mais simples e fácil o acesso às informações sobre o Programa Bolsa Escola aos beneficiários da ação, além das linhas telefônicas do 0800 098 16 56 e do sitehttp://www.bolsaescola.sedes.ma.gov.br/site/, o Governo do Maranhão passou a disponibilizar o aplicativo para o celular.

“A finalidade das plataformas criadas para agilizar o acesso às informações e tirar dúvidas sobre o Bolsa Escola é proporcionar respostas mais rápidas às dúvidas dos beneficiários e dar soluções o mais breve possível aos problemas que, porventura, venham a ser observados pelos usuários do benefício. Além do mais, são ferramentas que propiciam mais transparência à execução do programa e proporcionam também mais interatividade entre o Governo do Maranhão e a população beneficiária da ação”, explica o secretário da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedes), Neto Evangelista.

O aplicativo do Bolsa Escola pode ser baixado no sistema operacional Android pela Play Store, e para quem possui iphone é só fazer o download no App Store. Os beneficiários podem ter acesso a informações e serviços como desbloqueio de cartões do Bolsa Escola, apenas fornecendo o número do CPF, a data de nascimento e o próprio número do cartão.

Também pelo aplicativo é possível desbloquear o cartão, fazer consultas para saber o valor do benefício a receber, os nomes das crianças e adolescentes contemplados, ter acesso à listagem com endereços dos estabelecimentos comerciais credenciados para venda dos materiais escolares, por município. Nessa opção, basta apenas selecionar o município no qual deseja realizar a compra de seus produtos.

Outra ferramenta criada para estreitar o relacionamento entre o Governo do Maranhão e os beneficiários do programa é a Ouvidoria, por meio da qual os usuários também podem tirar dúvidas, fazer reclamações, denúncias e ter acesso às mesmas informações e serviços disponibilizados tanto pelo aplicativo de celular como pelo site do programa. A Ouvidoria funciona de segunda asexta-feira, das 8h às 20h; e no sábado, das 8h às 14h.

Bolsa Escola

O Programa Bolsa Escola, iniciativa do Governo do Maranhão, consiste na transferência direta de recursos para aquisição de material escolar às famílias beneficiadas pela ação, que tenham em sua composição crianças e adolescentes com idade entre 4 e 17 anos, regularmente matriculados em escolas da rede pública de ensino. O valor do repasse é de R$ 51,00 por filho.

A ação, além de proporcionar mais dignidade aos alunos de escolas públicas que passam a obter produtos escolares que não teriam condições de adquirir, contribui ainda para redução da evasão escolar e a melhoraria das condições de aprendizagem dos alunos de escolas públicas que estejam em situação de extrema pobreza.


Travessia da esperança

untitledROBSON PAZ

A imagem dos meninos com deficiência Gabriel e João Victor nas águas da praia de São Marcos em São Luís viralizou nas redes sociais, no último fim de semana. Mais que viralizar, as imagens emocionam, nos enchem de alegria e esperança. Emociona ver maranhenses antes “invisíveis” usufruindo de direitos básicos como o simples acesso ao lazer, antes improvável.

Alegra-nos ver que milhares de pessoas com deficiência passaram a contar com o projeto Travessia, criado pelo governador Flávio Dino, que transporta gratuitamente crianças e adultos, que necessitam de deslocamento para buscar saúde, educação, trabalho, lazer e entretenimento.

A foto do menino negro, na cadeira de rodas, ao lado da mãe também negra, entrando nas águas, sob o olhar atento do salva-vidas do Corpo de Bombeiros do Maranhão é emblemática deste momento de mudanças porque passa nosso Estado. Símbolo de um governo presente na vida daqueles que mais precisam.17264899_717174565109986_3373436922038535768_n

Além desta inédita ação do “Travessia” na praia com cadeiras adaptadas e absoluta segurança, o projeto contempla cadeirantes, crianças com microcefalia e deficientes visuais com transporte confortável, climatizados e adaptados, que são disponibilizados pela Agência Estadual de Transporte e Mobilidade Urbana (MOB).

No mês passado, o “Travessia” completou um ano. Atualmente, atende aos cidadãos da região Metropolitana de São Luís e da região Tocantina, nos municípios de Imperatriz, Davinópolis, Senador La Rocque e João Lisboa.

A capacidade de atendimento é de até 2 mil usuários por mês. Os carros são adaptados para levar até três cadeirantes e seus acompanhantes. Com o sucesso do projeto, o governador Flávio Dino já anunciou que vai expandir os serviços para todas as regiões do Estado. Notícia alvissareira!

Outra ação de elevado impacto social é a entrega de aproximadamente 90 novas unidades dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e dos Centros de Referência Especializados de Assistência Social (CREAS), no estado. Serão 159 novos equipamentos sociais, neste ano.

Os Centros oferecem serviços socioassistenciais de proteção social básica nos municípios. Porta de entrada para programas sociais, nestes ambientes, assistentes sociais e psicólogos realizam atendimento psicossocial a crianças e adolescentes vítimas de violência, de trabalho infantil ou que tenham cometido ato infracional, além do apoio a famílias vulneráveis socialmente.

17308973_717174578443318_7345937011279255637_nCom o “Bolsa Escola”, mais de 1,2 milhão de alunos entre 4 a 17 anos são beneficiados com crédito para aquisição de material escolar. Outra iniciativa do governo do Estado que propicia às crianças e aos adolescentes de baixa renda a oportunidade de ter acesso a produtos básicos, que na maioria das vezes falta nas casas de milhares de famílias maranhenses.

A bela cena protagonizada por João Victor e Gabriel e programas sociais que concorrem para a promoção da dignidade do ser humano nos renovam a esperança de nesta travessia da vida ver em plenitude a prática dos ensinamentos de Jesus: “Filhinhos, não amemos só com palavras e de boca, mas com ações e de verdade.” (1João 3,18).

Radialista, jornalista. Secretário adjunto de Comunicação Social