Maio Amarelo

Por Flávio Dino

Acidentes de avião causam imensa comoção, o que está certo. O estranho é que nas estradas e ruas morre muito mais gente, e há uma naturalização desses índices absurdos, que colocam o trânsito no Brasil entre os cinco piores do mundo.00710_bate_papo_com_o_governador_Flavio-Dino-foto_gilson_teixeira_9_6214427958782147792-633x390

Esta semana, demos início à nossa mobilização por segurança no trânsito que marca o Maio Amarelo, sob a coordenação do DETRAN. O primeiro objetivo é exatamente chamar atenção para o problema, pois se não reconhecemos que ele existe, é claro que não daremos o adequado combate. Por isso, foi lançada uma campanha publicitária nas TVs, rádios, redes sociais e nas ruas que irá conscientizar os motoristas sobre a necessidade de tomar decisões corretas, preservando tanto a própria vida, quanto a de outras pessoas.

Essas ações de conscientização não se restringem ao mês de maio. Para garantir a segurança no trânsito, o Governo do Maranhão tem tomado medidas educativas ao longo do ano inteiro, por exemplo nas escolas. E foi o que ocorreu no Carnaval, quando entregamos 450 mil kits informativos com dicas de segurança viária, ação que se repetirá nas nossas festas juninas, que se aproximam.

Intensificamos a fiscalização e controle do trânsito nas cidades, a fim de garantir o transporte seguro de todos os cidadãos. Em nosso primeiro ano de governo, foram 120 operações da Lei Seca em todo o estado e, no ano passado, mais 151. Um aumento de 1.800% em relação ao último ano da gestão anterior quando foram realizadas apenas 8 operações.

Essas ações já vêm resultando no aumento da segurança no trânsito. Em 2016, tivemos 10 mil acidentes registrados em todo o estado. Uma redução de 40% em relação aos 16 mil acidentes ocorridos em 2014, último ano da gestão anterior.

Se atentarmos para o número de acidentes fatais, a notícia é ainda mais alentadora. As mortes decorrentes do trânsito caíram de 940 no governo passado (2014) para 849 em 2016. Com isso, ao todo, foram 188 vidas salvas nos dois primeiros anos de nossa gestão (2015 e 2016).

Esses números comprovam que fazemos um governo que trabalha em prol do bem máximo: a vida. Com a contratação de profissionais de segurança, que elevou nosso efetivo para 12 mil policiais, e a entrega de mais de 570 viaturas, estamos aumentando a presença das forças de segurança em nossas cidades, o que se reflete também no trânsito.

Essas ações são fruto do compromisso que temos com a qualidade de vida de todos os maranhenses, baseado no princípio do bem comum. Vivemos dias tristes em todo o mundo, com o crescimento do ódio e da intolerância, em que se faz necessário até lembrar o óbvio: que a solidariedade, além de nos fazer bem ao coração, é um princípio essencial para garantir a sobrevivência coletiva.

Nossa campanha do Maio Amarelo vai nesse sentido, conscientizando que há pessoas dentro de cada veículo. São outros cidadãos, como nós, seres humanos que merecem o máximo respeito, independente de suas visões de mundo, crenças espirituais ou modos de vida. Convido todos a conviver com gentileza no trânsito, para sermos agentes de um modo de vida solidário.

Advogado, 49 anos, Governador do Maranhão. Foi presidente da Embratur, deputado federal e juiz federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *