Bequimão: Comissão de concursados de 2017 divulga nota de esclarecimento sobre adiamento de ato

concursados bequimaoNOTA DE ESCLARECIMENTO

Em reunião ontem(11) realizada às 20hs na Escola Aniceto Cantanhede em Bequimão-MA, os Integrantes do grupo de pessoas que estão com ação de reintegração de Posse referente ao concurso de 2007 da Prefeitura de Bequimão decidiram em assembleia que o 1°ATO POR JUSTIÇA ocorrerá após o período de recesso de natal e fim de ano.

A comissão esteve reunida ontem com a Juiza da Comarca de Bequimão. Esteve presente nesta reunião: Raquel Paixão( vereadora), Eduardo Sousa (Advogado) e mais dois representantes da Comissão.

Após os devidos esclarecimentos sobre os processos e quais as ações que posteriormente serão tomadas, decidiu-se adiar o movimento, pois, o primeiro objetivo seria essa conversa da comissão com a Juiza.

A comissão reunida definiu ações que serão tomadas posteriormente e assegurou a todos os presentes que os tramites judiciais estão ocorrendo e que o movimento já teve seu objetivo.

Os presentes foram informados sobre a demora do prefeito de Bequimão, o Sr. Zé Martins, em responder sobre o acordo proposto entre o Ministério Público  em que o Prefeito reintegrasse as 68 pessoas que decidiram abrir mão das indenizações e retroativos salariais, conforme Ata de reunião de 19 de setembro de 2017. 

Nesta data, o Ministério Público deu um prazo de 30 dias ao Prefeito e até a presente dia não obteve resposta do mesmo sobre o possível acordo.

Portanto, decidiu-se que o processo seguiria em juízo. 

Ressaltamos também, a disposição e grande interesse da Juiza da Comarca de Bequimão em resolver essa situação que já perdura por anos e que acaba por ocasionar a demora na realização de um concurso público.

Em conversa, a Juiza foi informada do quantitativo de funcionários contratados e da relação dos estão contratados nas vagas pelas  quais buscam sua reintegração.

A Comissão reafirma o interesse em um ACORDO com o Prefeito e espera que sejam tomadas medidas legais para o mesmo atenda o nosso direito. Partindo do ponto que ele foi um dos nossos maiores incentivadores quando não estava no cargo de prefeito e hoje recorre das decisões, não nos permitindo o digno e merecedor cargo de Funcionários Públicos efetivos do município de Bequimão.
Atenciosamente.

A Comissão

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *