Sarney Filho admite incompetência e diz que ‘Só Deus’ pode garantir redução do desmatamento na Amazônia

Do Blog do Gilberto Lima

Na Noruega, o ministro do Meio Ambiente Sarney Filho expôs a incompetência do governo Temer para frear o desmatamento na Amazônia. Em entrevista, ele disse que o governo brasileiro não pode garantir a redução do desmatamento no País. Deixou claro que está à espera de um milagre divino.

“Só Deus pode garantir isso [redução do desmatamento], mas eu posso garantir que todas as medidas para diminuir o desmatamento foram tomadas e nossa expectativa e esperança é que esse desmatamento diminua”, disse o ministro.

Após tendência de queda nos últimos anos, o desmatamento registrou um aumento de 58% em 2016, segundo estudo da Fundação SOS Mata Atlântica e do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

Ao lado de Sarney Filho, o ministro norueguês de Meio Ambiente, Vidar Helgesen, anunciou que o país vai cortar 50% os repasses ao Fundo Amazônia devido aos resultados. Ele destacou que a medida pode ser revista se houver mudança nos indicadores ambientais brasileiros.

De 2009 e 2016, a Noruega aportou cerca de R$ 2,8 bilhões no Fundo Amazônia. O governo norueguês é o maior financiador externo para o combate ao desmatamento no Brasil.

Sarney Filho disse que o aumento do desmatamento deve-se a cortes no orçamento de proteção ambiental na administração anterior e que serão feitos novos aportes para o Ibama.

Autoridades norueguesas haviam alertado o Brasil antes da viagem. Em carta enviada ao ministro do Meio Ambiente da Noruega, Sarney Filho disse que não há perspectiva de retrocesso na Lei Geral de Licenciament e garantiu que o país mantém o compromisso com a sustentabilidade.


Governo Flávio Dino tem 58% de aprovação, aponta pesquisa Exata/JP

Do JP Online

DCttlbGWAAEAqb_A nova pesquisa Exata/JP comprova que o Governo do Maranhão mantém os bons índices de aprovação que vêm se mantendo desde o início do mandato, consolidando sua gestão como uma das mais bem avaliadas do país. Realizada entre 14 a 17 de junho, a pesquisa identificou que o governo tem 58% de aprovação. Ainda segundo a pesquisa, a gestão não conta com a aprovação de 38% dos entrevistados, enquanto 4% não sabem avaliar.

A figura do governador segue tendo uma avaliação melhor que a do governo como um todo. O gestor Flávio Dino tem 59% de aprovação, contra 37% de desaprovação. Cerca e 46% dos entrevistados consideram a postura pessoal do governador “muito positiva” ou “positiva”, enquanto apenas 18% a consideram “negativa” ou “muito negativa”.

“O Governo Flávio Dino demonstra sólida imagem positiva perante a maioria do eleitorado e resiliência em face da deterioração do ambiente político nacional que afeta em cadeia todos os gestores públicos no país”, comenta o instituto, em sua avaliação analítica. “A elevada aprovação do Governo, considerando todo o contexto, reforça inegavelmente o imenso favoritismo do governador Flávio Dino nas eleições do próximo ano”.

A pesquisa Exata/JP foi colhida entre os dias 14 e 17 de junho com 1.404 pessoas. Tem margem de erro de 3.2 pontos percentuais e índice de confiabilidade de 95%.


Sucesso do São João de Todos

untitledROBSON PAZ

A paixão do povo maranhense pelo São João aumenta a cada temporada junina. Arraiais lotados, turistas, segurança, organização e muita alegria têm marcado os primeiros dias do São João de Todos, em São Luís.

Os variados sotaques de bumba-meu-boi, a beleza das danças folclóricas regionais, o tambor de crioula, o talento dos artistas maranhenses têm encantado a todos que prestigiam os arraiais do Ipem, Maria Aragão, Vila Palmeira, Nauro Machado e vários arraiais espalhados pela cidade e mais de 100 cidades, que contam com o apoio do governo do Estado.

Foram apenas cinco dos 19 dias da temporada do São João de Todos, mas com pleno sucesso. Um dos grandes momentos foi o show épico da cantora maranhense Flávia Bittencourt e convidados, como o consagrado poeta e compositor César Teixeira. Eles compartilharam o palco com ícones da música brasileira Geraldo Azevedo e Elba Ramalho, na noite do último domingo, 18.

Um passeio pelo que há de melhor na sonoridade musical nordestina com repertório bem familiar ao período junino. A resposta do público que lotou a praça foi à altura. Intensa e entusiasmada participação e muitos aplausos.

O apoio do governo, por meio da Lei de Incentivo à Cultura, uma vez mais coloca São Luís no circuito dos grandes eventos nacionais e integra um componente importante da política de estímulo à cultura e ao turismo, no Estado.

Iniciativa exitosa, realizada com louvor também no Carnaval, com a inserção de artistas maranhenses de projeção nacional protagonizando a cena cultural com a participação de estrelas da MPB.

Para além da ótima programação, elaborada pela Secretaria de Estado da Cultura e Turismo, a segurança tem sido outro item importante para garantir a presença das famílias no São João de Todos. Mais de 1.200 policiais militares, civis e bombeiros participam da operação especial, organizada pela Secretaria de Estado da Segurança Pública. O policiamento preventivo tem percorrido todos os arraiais e principais pontos turísticos da capital do Maranhão.

Aparato que tem ainda reforço da Companhia de Polícia Militar Rodoviária Independente (CPRV Ind), da Guarda Municipal e agentes da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT). Ação conjunta do governo do Estado e Prefeitura de São Luís, que tem assegurado a tranquilidade necessária à população.

A festança junina contempla múltiplas dimensões entre as quais a economia da cultura e do turismo. Muitos empregos temporários gerados e renda consequentemente para centenas, milhares de famílias.

Nesse contexto, cabe enfatizar a feliz iniciativa do governo Flávio Dino em proporcionar a comercialização de peças artesanais de vários municípios maranhenses, que integram o Plano Mais IDH – programa voltado para melhorar os indicadores sociais dos 30 municípios mais pobres do Estado. Isto garante a inclusão daqueles que mais precisam.

A festa mais esperada e de maior tradição do Maranhão guarnece com muita alegria, paz e oportunidade para todos. Viva o São João do Maranhão!

Radialista, jornalista. Secretário adjunto de Comunicação Social e diretor-geral da Nova 1290 Timbira AM


Teoria e prática

Por Flávio Dino

19146247_770753906418718_724736749817091912_n“É viva a palavra quando são as obras que falam”. Inspiro-me nessa máxima de Santo Antônio para que minhas ações sejam consequentes com minhas palavras, fazendo com que estas ganhem vida. Tem sido assim com o zelo em relação ao dinheiro público, princípio que marcou minha carreira pública, de juiz e professor a governador. É graças a esse respeito, feito prática de governo, que temos tido condições de cuidar das pessoas, investindo em nosso estado e pagando em dia os servidores públicos. Para nós, teoria e prática andam de mãos dadas, em uma ação decididamente transformadora.

O Maranhão é um dos poucos estados do país que tem sido capaz de navegar em meio à maior crise econômica e política da nossa história. No ano passado, apenas 7 das 27 unidades da federação pagaram toda sua folha de salários dentro do ano. E nós fomos um deles. Todos viram pelo noticiário alguns dos estados mais ricos da federação pagando este mês ainda as remunerações de abril. Já aqui, neste mês de junho adiantamos a primeira parcela do 13º salário, sendo o primeiro Estado a conseguir tal vitoria neste ano. Isso é fruto de trabalho sério, no controle rigoroso de receitas e despesas, enfrentando sem medo os esquemas de fraudadores e corruptos.

O que pode parecer corriqueiro não o é. Não devemos minimizar o que significaram esses três anos de paralisação da atividade econômica que vivemos no país, gerado por uma disputa política sem limites. Uma recessão igual a essa só houve nos anos 1930, em meio à quebra global das bolsas. Os números são assombrosos: no acumulado, retrocedemos 10% na riqueza produzida pela sociedade, o PIB. Isso tem impactos óbvios na implementação de políticas públicas e de direitos sociais, bem como na manutenção de serviços públicos em todo o país.

Aqui, ao contrário, temos conseguido multiplicar serviços. Dobramos o número de Restaurantes Populares. Estamos asfaltando 2 mil quilômetros de ruas e estradas, inclusive ajudando municípios como nunca antes, mediante o Programa Mais Asfalto. Inauguramos 5 hospitais regionais, hospitais de verdade, e temos muitos outros em obras, para corrigir progressivamente os erros do passado. E vamos inaugurar 300 novas unidades de ensino até o final do mandato, além de quase 600 escolas reformadas.

Em períodos recessivos, o investimento público é a melhor forma de ajudar o mercado e os empresários. Portanto, além de um compromisso com o funcionalismo público, pagar em dia o salário de servidores é uma forma de estimular a economia maranhense. A cada mês que pagamos os servidores em dia, são R$ 475 milhões que colocamos para circular em favor das empresas que atuam no Maranhão, ajudando a sustentar milhares de empregos.

Diante da tempestade que toma o país, temos tido serenidade e firmeza para conduzir o Maranhão. Fico pensando o que aconteceria com as finanças do estado se a atual crise nacional ocorresse durante o domínio coronelista ou em mãos inexperientes. Deus nos livre a todos. Vamos vencer essa página triste da história do Brasil. E aí o Maranhão vai avançar ainda mais.

Advogado, 49 anos, Governador do Maranhão. Foi presidente da Embratur, deputado federal e juiz federal.


Maranhão é 6º no ranking nacional de vacinação. Regional de Pinheiro tem 90% de cobertura

vacinação-gripe1O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES), mobilizou os 217 municípios para Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza. Como resultado, o Maranhão saltou da 22º posição no ranking nacional, no início da campanha e, agora, ocupa a sexta colocação nacional entre os estados com melhor indicador de vacinação. O estado, até o momento, aplicou 1.333. 891 doses da vacina, o que equivale a 88,15% do grupo prioritário.

A regional de saúde de Pinheiro foi a primeira do Estado a alcançar a meta de 90% da cobertura.

“Com o resultado da mobilização junto às 19 Unidades Regionais de Saúde, municípios e profissionais de saúde, para reforçar a vacinação, estamos entre os seis estados da federação com o melhor indicador de vacinação contra a influenza. Adotamos medidas de reforço da mobilização, principalmente, para evitar casos graves nos grupos mais vulneráveis”, avaliou o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula.WhatsApp Image 2017-06-03 at 20.43.04 (1)

De acordo com os dados do Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI),  173 municípios maranhenses ultrapassaram a meta de 90% de cobertura vacinal contra gripe, estabelecida pelo Ministério da Saúde.

 


Bois Marizés e Estrela de Bequimão participarão do São João de Todos em São Luís

slide21

Os grupos de bumba-meu-boi Marizés e Estrela de Bequimão participarão da programação oficial do São João de Todos, organizado pelo governo do Estado em parceria com a Prefeitura de São Luís. Os grupos folclóricos realizarão  apresentações nos principais arraiais de São Luís.

estão na programação oficial do S

A Companhia de Arte e Cultura Popular Marizés terá a primeira apresentação nesta sexta-feira (16) no Festival de Danças Folclóricas Regionais, no Arraial da Praça Maria Aragão, a partir das 19 horas.

O Marizés volta a se apresentar no Arraial da praça Nauro Machado, no Centro Histórico, no dia 1 de julho (sábado), às 19 horas. A terceira apresentação será no Arraial Donato Alves (Ipem), também no dia 1 de julho (sábado), às 21 horas.

O Boi Estrela, sotaque de orquestra, está na programação dos Arraiais da Vila Palmeira, às 21h, e na praça Maria Aragão, às 00h, no dia 24 de junho (sábado).