Governo inaugura Escola Digna em Bequimão, nesta quarta-feira (15)

EScola Digna Marajatiua13O governo do Estado inaugura Escola Digna, no povoado Marajatiua, em Bequimão, nesta quarta-feira (15), às 9h. A informação foi confirmada pelo secretário Felipe Camarão (Educação) em seu perfil nas redes sociais.

“Boa noite para você que tem um governo que, só nesta semana que se inicia, irá inaugurar SEIS escolas dignas e DOIS faróis do saber. Receberão as obras: Turiaçu, Bequimão, Nina Rodrigues, Itapecuru, Timbiras e Chapadinha”, tuitou o secretário.

A escola terá salas de aula, banheiros, pátio, direção.

A obra integra o programa Escola Digna, criado pelo governador Flávio Dino, que substitui escolas de taipa, barro e palha por escolas de alvenaria.

Mais de 700 escolas já foram construídas, reformadas ou reconstruídas em todo Estado.

O investimento para construção da escola no povoado de Marajatiua é de R$ 347 mil e vai beneficiar alunos do povoado e região.

Também está em construção uma unidade do Escola Digna no povoado Santa Rita em Bequimão.


Bequimão terá apoio de força federal nas Eleições 2018

forçaBequimão está entre os 72 municípios do Maranhão que contarão com o apoio de força federal para garantir o livre exercício do voto bem como a normalidade da apuração dos resultados das Eleições 2018.

No pedido do TRE-MA feito ao TSE, foram relatados diversos casos de violência e tumultos decorrentes da disputa política citados pelos juízes das zonas eleitorais para justificar a necessidade das forças. Em 2014, foram 26 municípios contemplados, já em em 2016 foram 52.

De acordo com o artigo 23, inciso XIV, do Código Eleitoral (Lei 4.737/1965), uma vez constatada a anormalidade da situação, é competência do TSE requisitar força federal com o objetivo de garantir a ordem na votação e apuração dos resultados.

Uma vez autorizados, os pedidos de força federal são encaminhados ao Ministério da Defesa, órgão responsável pelo planejamento e execução das ações.

Os 72 municípios que terão auxílio de força federal são:

• Água Doce do Maranhão (12ª zona eleitoral)
• Alto Alegre do Pindaré (70ª zona eleitoral)
• Amapá do Maranhão (64ª zona eleitoral)
• Araguanã (96ª zona eleitoral)
• Araióses (12ª zona eleitoral)
• Axixá (31ª zona eleitoral)
• Belágua (73ª zona eleitoral)
• Benedito Leite (17ª zona eleitoral)
• Bequimão (111ª zona eleitoral)
• Boa Vista do Gurupi (100ª zona eleitoral)
• Bom Jesus das Selvas (95ª zona eleitoral)
• Buriti (25ª zona eleitoral)
• Buriti Bravo (44ª zona eleitoral)
• Buriticupu (95ª zona eleitoral)
• Cajapió (63ª zona eleitoral)
• Cândido Mendes (64ª zona eleitoral)
• Centro do Guilherme (101ª zona eleitoral)
• Centro Novo do Maranhão (100ª zona eleitoral)
• Chapadinha (42ª zona eleitoral)
• Colinas (29ª zona eleitoral)
• Coroatá (68ª zona eleitoral)
• Cururupu (14ª zona eleitoral)
• Esperantinópolis (61ª zona eleitoral)
• Fortuna (60ª zona eleitoral)
• Governador Luiz Rocha (60ª zona eleitoral)
• Governador Newton Bello (96ª zona eleitoral)
• Governador Nunes Freire (101ª zona eleitoral)
• Grajaú (15ª zona eleitoral)
• Humberto de Campos (32ª zona eleitoral)
• Icatu (31ª zona eleitoral)
• Itaipava do Grajaú (15ª zona eleitoral)
• Jatobá (29ª zona eleitoral)
• Junco do Maranhão (100ª zona eleitoral)
• Loreto (62ª zona eleitoral)
• Maracaçumé (100ª zona eleitoral)
• Maranhãozinho (101ª zona eleitoral)
• Mata Roma (42ª zona eleitoral)
• Matões do Norte (84ª zona eleitoral)
• Mirador (72ª zona eleitoral)
• Miranda do Norte (109ª zona eleitoral)
• Nova Iorque (17ª zona eleitoral)
• Nova Olinda do Maranhão (80ª zona eleitoral)
• Pastos Bons (17ª zona eleitoral)
• Pedro do Rosário (106ª zona eleitoral)
• Penalva (45ª zona eleitoral)
• Peri Mirim (111ª zona eleitoral)
• Peritoró (68ª zona eleitoral)
• Pinheiro (37ª e 106ª zona eleitoral)
• Pinheiro (37ª zona eleitoral)
• Pirapemas (68ª zona eleitoral)
• Presidente Sarney (106ª zona eleitoral)
• Primeira Cruz (32ª zona eleitoral)
• Santa Filomena do Maranhão (79ª zona eleitoral)
• Santa Luzia (70ª zona eleitoral)
• Santa Luzia do Paruá (80ª zona eleitoral)
• Santa Quitéria (24ª zona eleitoral)
• Santa Rita (18ª zona eleitoral)
• Santo Amaro (32ª zona eleitoral)
• São Benedito do Rio Preto (73ª zona eleitoral)
• São Domingos do Maranhão (60ª zona eleitoral)
• São Domingos do Azeitão (62ª zona eleitoral)
• São Félix de Balsas (62ª zona eleitoral)
• São João Batista (63ª zona eleitoral)
• São José de Ribamar (47ª zona eleitoral)
• São Luís (01, 02, 03, 10, 76 e 89ª zona eleitoral)
• São Mateus (84ª zona eleitoral)
• São Vicente Férrer (63ª zona eleitoral)
• Senador Alexandre Costa (06ª zona eleitoral)
• Sucupira do Norte (72ª zona eleitoral)
• Tuntum (79ª zona eleitoral)
• Turiaçu (39ª zona eleitoral)
• Urbano Santos (73ª zona eleitoral)
• Zé Doca (96ª zona eleitoral)


Moradores do Jacioca fazem mutirão para construir ponte

ponte-jaciocaA omissão da prefeitura de Bequimão levou os moradores do povoado Jacioca a realizarem mutirão para construir uma ponte sobre o Rio Jacioca, na barragem do Balbino, que liga o povoado à estrada vicinal do Baixo Escuro.

O movimento foi liderado pelo vereador Fredson (PCdoB), que solicitou à prefeitura por meio de indicação a recuperação da barragem e construção de ponte. Não foi atendido.

“Não sendo atendida a reivindicação, depois de longa espera, conseguimos em mutirão construir uma ponte provisória, enquanto esperamos que a prefeitura venha solucionar definitivamente o problema.”, disse o vereador em seu perfil no Facebook.

ponte-barragem balbinoEssa não é a primeira vez que a população toma iniciativa de realizar serviços que deveriam ser feitos pela prefeitura. Antes, moradores da ocupação próximo à Cidade Nova também construíram ponte para sair do isolamento. Populares também fizeram operação tapa buracos na Avenida Antônio Dino.

indicação

LEIA MAIS

Abandonados pela prefeitura, moradores fazem mutirão e constroem ponte em Bequimão

Moradores fazem mutirão para recuperar Avenida Antônio Dino em Bequimão; veja


Bequimãoenses participam da maior convenção da história para confirmar coligação de Flávio Dino

Convenção Flávio Dino-BequimãoCom mais de 10 mil pessoas na maior convenção da história do Maranhão, o governador Flávio Dino teve o nome confirmado neste sábado (28) para disputar a reeleição pela Coligação Todos Pelo Maranhão. O vice-governador Carlos Brandão (PRB) também foi oficializado na vaga de vice. E os deputados federais Weverton Rocha (PDT) e Eliziane Gama (PPS) foram homologados como candidatos ao Senado.

A convenção é o momento em que os partidos escolhem os candidatos que vão disputar a eleição. O evento no MultiCenter Sebrae, em São Luís, reuniu milhares de pessoas, entre filiados a partidos políticos e não filiados.

A Coligação Todos Pelo Maranhão reúne 15 legendas: PCdoB, PDT, PP, PPS, PROS, PSB, PT, PTB, PR, PRB, DEM, PEN, PTC, Solidariedade e PPL.

“É a maior convenção da história do Maranhão”, disse Flávio Dino. Durante o discurso, ele fez um balanço de algumas ações realizadas pela atual gestão.

“Aqui no Maranhão estamos fazendo a nossa parte. Governo perfeito só o de Deus, o nosso Governo não é perfeito, mas quero dizer que fiz neste período tudo o que eu podia fazer”, afirmou, lembrando os efeitos da crise econômica nacional sobre todo o país.

Ele listou programas como o Escola Digna, o Mais Asfalto, o Cheque Minha Casa, o Mais IDH e tantos outros.

“Fizemos neste período tudo o que podíamos. Fizemos o máximo, e por isso todos os Estados do Brasil respeitam o Maranhão, porque sabem que estamos na direção certa”.

O vice-governador Carlos Brandão disse que se trata de um “governo que governa para o povo. Flávio Dino é extremamente preparado, competente, capaz e dedicado. E teve a competência de escolher uma equipe extremamente competente para o governo”.

União

Os candidatos ao Senado também ressaltaram o novo momento vivido pelo Maranhão a partir de 2015.

“É um momento de muita responsabilidade política. O povo deu a oportunidade ao grupo liderado pelo Flávio Dino de fazer as verdadeiras mudanças”, disse Weverton.

“O governador deu voz à juventude no interior do Maranhão, à juventude da periferia. E nunca mais vão conseguir calar a nossa voz. Todos esses partidos que estão aqui são do time da vitória”, afirmou Eliziane.

Segundo ela, “saímos do momento da história do Maranhão quando apenas uma família de poderosos controlava esse estado. Eles precisam entender que nossas famílias não vão ser mais comandadas. Estamos vivendo um novo momento do Maranhão”.convenção-flavio dino

Weverton acrescentou que todos fazem parte “de uma chapa vitoriosa liderada por um homem que teve a coragem de procurar na escuridão e encontrar a luz para essas crianças pobres que não tinham acesso à escola, através do programa Escola Digna. Que teve a coragem de abrir hospitais enquanto os outros Estados fechavam”, acrescentou.

Lula

O governador Flávio Dino também falou sobre o ex-presidente Lula e voltou a defender que o petista possa ser candidato à Presidência da República. “Todos nós que estamos aqui defendemos a Justiça, eleições justas, eleições livres. E para ter eleição justa no Brasil, para cada um poder votar em quem quiser, é fundamental que a gente diga Lula Livre, para ter democracia no país,”

“Não significa dizer que todo mundo vai votar no Lula, mas significa que quem quiser votar no Lula vai ter o direito de escolher seu presidente da República”, afirmou.

convenção-bequimao

Bequimão

Dezenas de dirigentes e militantes dos partidos que apoiam Flávio Dino em Bequimão participaram da convenção. Os vereadores Fredson (PCdoB) e Tiago Almeida (PRTB), o ex-vice prefeito César Cantanhede (PSDB), o secretário adjunto Robson Paz (Comunicação), os ex-vereadores Sassá, Robson Cheira e Elanderson, os suplentes Júnior e Gordo do Quindiua, o ex-prefeito Bernal, além de lideranças comunitárias participaram do ato político. O deputado estadual Zé Inácio (PT) também participou do evento.


Rei Zulu será embaixador de Esportes Educacionais do Maranhão

zuluO lendário lutador de vale-tudo Rei Zulu será embaixador de Esportes Educacionais da Secretaria de Estado da Educação. O anúncio foi feito pelo secretário Felipe Camarão (Educação) nas redes sociais, após visita ao lutador bequimãoense.

“O embaixador dos Esportes Educacionais da Seduc dispensa apresentações. Rei Zulu muito nos honra em ter aceitado o nosso convite. Hoje fui visitá-lo e tive a felicidade de conversar um pouco com essa lenda do Vale-Tudo”, escreveu Felipe Camarão.

Rei Zulu ficou famoso por viajar o Brasil inteiro, desafiando lutadores do Brasil e de outros países. Em 1980, depois de 17 anos de competição, Rei Zulu era considerado invicto após 150 lutas. Na carreira, foram 155 vitórias e apenas 10 derrotas.


Justiça determina abertura do Mercado Municipal de Bequimão

Bequimao_reduzidaUma Ação Civil Pública proposta pela Promotoria de Justiça de Bequimão, em 14 de março, levou a Justiça a determinar o prazo máximo de 15 dias úteis para que sejam concluídas as obras no Mercado Municipal do município, que deverá ser inaugurado no dia seguinte à conclusão dos serviços.

Ainda segundo a decisão, em 72 horas a Prefeitura deverá entregar o cronograma de execução dos serviços faltantes, com o valor orçado, a forma de pagamento, a rubrica da previsão orçamentária para custeio da obra, o nome do responsável pelo serviço e a data de conclusão dos trabalhos. No mesmo prazo, as informações deverão ser disponibilizadas no Portal da Transparência de Bequimão e à frente do mercado.

Em 24 de maio, de 2017, o prefeito Antonio José Martins e a promotora de justiça Raquel Madeira Reis assinaram um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) que previa prazo de 90 dias para a inauguração do mercado municipal. A falta do mercado em funcionamento, levou à instalação de uma feira livre do lado externo da construção, na qual foram apontadas uma série de irregularidades como a existência de esgoto a céu aberto próximo às barracas de venda de alimentos, que também estavam em péssimo estado e expondo os produtos a insetos e outros animais.

A Prefeitura de Bequimão não cumpriu o prazo estabelecido, afirmando não ter inaugurado o mercado por “motivos de força maior”, causados pelas chuvas. O Executivo Municipal solicitou, ainda, novo prazo de 90 dias para a entrega do mercado.

Em caso de descumprimento da decisão, a juíza Michelle Amorim Sancho Souza Diniz determinou o pagamento de multa diária de R$ 5 mil.


Morre músico atropelado por motorista bêbado; corpo de Emerson é velado em Bequimão

Blog do Gilberto Lima

O acidente aconteceu na madrugada do dia 17 de junho na Forquilha em São Luís

Emerson Macedo PereiraO músico Emerson Macedo Pereira, de 29 anos, morreu na madrugada desta terça-feira (03), após 16 dias de internação no Hospital Clementino Moura, o Socorrão 2, em São Luís.

Ele foi atropelado por um motorista embriagado, na madrugada do dia 17 de junho, na Estrada de Ribamar, nas proximidades do Condomínio Vitória São Luís, no bairro Forquilha em São Luís. De acordo com testemunhas, Emerson foi arrastado por aproximadamente 20 metros e ficou debaixo do carro atropelador.

O músico voltava de um evento no Maiobão, onde havia tocado, e parou seu veículo na Estrada de Ribamar, após o estouro de um pneu. Enquanto aguardava socorro, ele foi atropelado pelo motorista bêbado, que dirigia um veículo Etios, de cor cinza, de Placas PSI-5583, em alta velocidade. Após cometer o acidente, o motorista atropelador, identificado como Edmar Carvalho da Silva, conseguiu fugir do local, sem prestar socorro à vítima.

Segundo familiares do músico, o atropelador nunca deu assistência ao Emerson durante o período de internação no Socorrão 2.

Pela gravidade dos ferimentos, o músico teve infecção e acabou tendo a perna esquerda amputada, e mesmo assim não resistiu e morreu.

Emerson Macedo está sendo velado na cidade de Bequimão, na Baixada Maranhense, onde será sepultado nesta quarta-feira (4).


Governo Flávio Dino divulga ações realizadas em Bequimão; veja

O Governo do Maranhão tem levado uma série de ações para a cidade de Bequimão. Veja abaixo algumas dessas realizações desde 2015:

Educação

– Mais de 3 mil estudantes beneficiados pelo programa Bolsa Escola

– Duas escolas dignas em construção nos povoados Santa Rita e Marajatiua. Investimento R$ 672 mil. Mais de 100 alunos beneficiados.

– Uniformes escolares gratuito beneficiaram 1.137 alunos da rede estadual

– IEMA Vocacional – mais de 400 alunos beneficiados por ano em oito turmas

– Reparos na escola Manoel Beckman

Infraestrutura

– Pavimentação e calçamento de ruas: convênio com prefeitura em execução no valor de R$ 1.250 milhão

– Construção da ponte do Balandro

– Construção e equipamento do CRAS. Mais de 750 famílias atendidas por ano.

– Ponte Central/Bequimão em execução

– Recuperação da MA-106, com investimento de R$ 74 milhões

– Sistemas de abastecimento de água. Beneficiados cinco povoados do município: Ramal do Quindiua, Quindiua, Frederico, Marajatiua e Mojó

Cultura

– Apoio ao Carnaval: convênio no valor de R$ 200 mil

– Apoio ao São João 2016: convênio no valor de R$ 100 mil

Saúde

– Mais de meio milhão de reais em recursos repassados para a saúde. Só este ano, R$ 200 mil em auxílio para o hospital municipal.

– Atendimentos da Carreta da Mulher e do Ônibus Lilás

Agricultura

– 15 famílias beneficiadas com incentivos para a produção (aquicultura e agricultura familiar)

– Cultivo de Sururu – Paricatiua. Mais de 30 habitantes do povoado já foram capacitados no manejo e cultivo de moluscos e agora tem na atividade mais uma fonte de renda.

– Mais Sementes – 1.100 famílias beneficiadas

– Veículos para a segurança e agricultura familiar

– Diques da Produção. Canais nos povoados de Jacioca e do Mojó

– Casa de farinha em construção no povoado Vila Nova.


Com estacas de até 40 metros, grande parte da ponte Central-Bequimão fica escondida no solo

ponte-estruturaBoa parte da estrutura da ponte Central-Bequimão que está sendo construída na Baixada Maranhense não é visível para quem passa pelo local. A complexa engenharia da obra inclui materiais instalados a até 40 metros de profundidade. Foi uma maneira de superar as dificuldades impostas pelo terreno instável na região do rio Pericumã.

Grande quantidade do solo que existe no local é considerado mole. Há pontos em que esse solo mole tem espessura de 26 metros. Se fossem colocadas, por exemplo, estacas com essa mesma altura no solo, elas “escorregariam”.

É por isso que, nesses pontos, as estacas tiveram que ir bem mais fundo. Há trechos em que a profundidade das estacas chegará a 40 metros. É mais ou menos a altura de um prédio de 20 andares.

Responsável técnico pelas obras da ponte construída pelo Governo do Maranhão, o engenheiro civil Fernando Navarro explica que o projeto tem duas grandes fases: a que fica do solo para cima; e a que fica do solo para baixo.

“Do solo para baixo, são as fundações, que são estacas de grande diâmetro e profundidade com execução bastante complexa”, afirma. As fundações precisam suportar as enormes cargas da estrutura da ponte.

“Hoje nós estamos com as estruturas metálicas 100% fabricadas. São estruturas especiais com aço especial anticorrosão, que não enferrujam.

Canteiro de obras

“Existem fases do projeto que são no solo, em muita profundidade. Para fabricar a estrutura metálica, nós precisamos de um ano. Para a parte de projetos, foram dois anos. Então são três anos de trabalho de desenvolvimento e de projeto sendo executado”, afirma o engenheiro Fernando Navarro.

Todas as estacas da obra estão prontas e no canteiro para serem cravadas no solo. De acordo com Navarro, já foi iniciada a execução das fundações do lado do rio que fica em Bequimão. Em seguida, será feito o mesmo trabalho na parte que fica na cidade de Central. E, por último, no meio do rio. A ponte vai ter 15 pilares de apoio. São sete em cada margem e um no centro.

Depois da fundação, começam a ser montados os 15 vãos – um para cada pilar. E aí vem a fase em que as vigas são unidas para fazer a estrutura superior, por onde vão circular os veículos.

Dez cidades interligadas

Com extensão de 589 metros, a ponte vai interligar 10 municípios da Baixada Maranhense e diminuir a distância de deslocamento dos moradores da região em 125 quilômetros. As cidades diretamente beneficiadas são Bequimão, Central, Apicum-Açu, Bacuri, Serrano do Maranhão, Cururupu, Porto Rico, Cedral, Guimarães e Mirinzal.

“Essa é uma obra de grande complexidade e que exige um planejamento que envolve diversas etapas e a participação do consórcio responsável pela construção. O Governo do Maranhão acompanha de maneira permanente o desenvolvimento da obra”, diz o secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto.