Flávio Dino inaugura Unidade Plena do IEMA de Cururupu

Flávio Dino-Iema CururupuO governador Flávio Dino inaugurou, nesta quarta-feira (4), a Unidade Plena do Instituto Estatual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA) de Cururupu. A unidade estava funcionando desde maio do ano passado, mas ainda não tinha sido entregue à comunidade.

Durante a solenidade, Flavio Dino afirmou que “o espírito de união faz a força e permite realizar sonhos. Sou grato pela oportunidade que Deus e o povo me deram de estar aqui hoje. Estamos escrevendo uma página da história não apenas de Cururupu, do litoral ocidental maranhense, mas do Maranhão e do Brasil, porque quando você melhora a educação, muda para sempre e de verdade uma nação, porque amplia a Justiça social, dá oportunidade para a juventude e combate desigualdades”, enfatizou.

Flávio agradeceu ao esforço de sua equipe de governo – cumprimentou alguns dos presentes – Cleiton Noleto, Marcelo Tavares, Gerson Pinheiro, Ana do Gás, Othelino Neto e ao vice-governador Carlos Brandão. Dino pediu uma salva de palmas para o reitor do IEMA, o professor Jhonatan Almada, à gestora geral da UP Cururupu, Marileide Costa, e a toda a equipe de trabalho do Instituto.

Jhonatan Almada, que foi homenageado em uma cerimônia que antecedeu a programação oficial, lembrou que as atividades na UP começaram em um período em que ela não estava concluída. “Passamos dois anos para concluir, lutando, mas chegamos a este momento, graças ao governador Flávio Dino que tem realizado investimentos em educação de verdade. Hoje é um dia de agradecer pela educação e pelo trabalho de vocês. Fazer educação pública não é fácil e é cara e por isso nem sempre é mantida. Esperamos que outros jovens como vocês possam ter a oportunidade de fazer um curso técnico profissionalizante, a mesma oportunidade de escolher caminhos e realizar seus projetos de vida”, afirmou o reitor do IEMA.

Com a ampliação, a unidade plena de Cururupu, que hoje conta com 318 alunos, vai pode receber mais de 400 a partir de 2020. A expectativa do Governo do Maranhão é de inaugurar outras unidades do IEMA ainda este ano. A previsão é de que as próximas a serem entregues sejam a de Presidente Dutra e a de Coroatá.


Alunos participam de aula inaugural no Iema UV Bequimão

Paz-IemaAlunos do novo ciclo de cursos de Formação Inicial Continuada (FICs) participaram nesta terça-feira, 27, da aula inaugural no Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema) Unidade Vocacional, no município de Bequimão.

Mais de 100 alunos estão inscritos nos cursos de Corte e Costura, Instalação e Manutenção de Ar Condicionado e Inglês Intermediário. As aulas regulares iniciarão a partir da próxima segunda-feira (2) e se estenderão pelos próximos três meses.

A aula inaugural foi ministrada pelo gestor do Iema UV Bequimão, Emerson Pereira, os professores Nilton (Inglês), Mike (Instalação e Manutenção de Ar Condicionado), Leda (Corte e Costura), além da participação das técnicas do Iema, Onézima Santos, Vânia Sousa, do secretário adjunto Robson Paz (Radiodifusão) e do vereador Fredson.alunos Iema

Emerson sublinhou a importância do aprendizado e da dedicação dos alunos. “São conhecimentos para a vida e serão essenciais seja na inserção no mercado de trabalho como na prestação de serviços de forma autônoma. Mas, o sucesso de todo esse esforço do Iema, da Secretaria de Educação depende diretamente do empenho e freqüência de cada aluno”, afirmou.

A professora Onésima falou sobre a emoção e realização ao final de cada ciclo com as histórias de vida dos alunos, que são transformadas. “São momentos de felicidade que nos emocionam ao ver que os alunos relatam a mudança em suas vidas após a oportunidade assegurada pelos Iemas”, disse.

Para Robson Paz, a aula inaugural é carregada de simbolismo e alegria. “Nos enche de esperança ver que este Iema tem dado tão bons resultados, nestes três anos. É um sonho de todos nós concretizado pelo governador Flávio Dino, que, apesar da crise, tem investido como nunca antes na educação do nosso estado e beneficiando diretamente nosso município”.Iema27

Ele aproveitou para informar aos estudantes sobre o processo de implantação do pólo de educação superior da Uema em Bequimão e convidou a todos para participarem do processo seletivo que será realizado ainda este ano. “A Uema concluiu a consulta pública para escolha dos primeiros cursos que serão ofertados em Bequimão e convido todos e todas a se prepararem para realizar o sonho de entrar na faculdade. Este é mais um passo importante na vida de vocês, que certamente será coroada de muito êxito”.

O vereador Fredson ressaltou a importância do conhecimento por meio dos cursos oferecidos fundamentais para suprir a demanda existente no município. “Há uma carência em várias áreas em nosso município e sou testemunha dos bons exemplos de alunos formados pelo Iema, que hoje estão atuando seja na agricultura familiar, na mecânica de motos, corte costura ou como professores de inglês”, avaliou.


Consulta pública define Administração Pública e Pedagogia como primeiros cursos do polo da Uema em Bequimão

Os cursos de Administração Pública (Bacharelado) e Pedagogia foram os mais votados na Consulta Pública realizada pela Universidade Estadual do Maranhão (Uema) junto à população de Bequimão. A informação foi divulgada pelo secretário adjunto Robson Paz (Radiodifusão), nas redes sociais, após contato com a direção da Uema.

Administração Pública venceu a consulta com 53,9%, enquanto Pedagogia teve 32,8%. O terceiro curso mais votado foi Gestão Comercial com 26,9%. A seguir apareceram Geografia com 23,4% e Física com 12,2%.

A escolha dos cursos de graduação, que serão oferecidos é parte do processo de implantação do polo permanente da Uema no município de Bequimão. A próxima etapa será a realização de Vestibular, por meio de processo seletivo, para o preenchimento das vagas ofertadas.

O Vestibular será realizado ainda este ano e o início das aulas deverão ocorrer no início do ano que vem, conforme informou o reitor da Uema, Gustavo Pereira da Costa, durante audiência pública realizada em Bequimão.


Inscrições para cursos do Iema UV Bequimão encerram nesta segunda (26)

Inscrições IemaAs inscrições para os cursos de Formação Inicial e Continuada (FICs) do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA) Unidade Vocacional em Bequimão encerram nesta segunda-feira (26). A inscrição é presencial e gratuita.

O preenchimento das vagas dos cursos FICs e oficinas oferecidas é por ordem de realização da inscrição, onde o candidato deverá informar os dados solicitados na ficha de inscrição presente no edital e apresentar cópias da carteira de identidade, CPF e comprovante de residência.

“Continuamos o trabalho de educação profissional para jovens e adultos do Maranhão com a oferta dos cursos nas unidades vocacionais do IEMA; isso representa uma importante contribuição do Governo Flávio Dino para gerar oportunidades de trabalho, emprego e renda que vêm com a qualificação profissional”, destacou o reitor do IEMA, Jhonatan Almada.

Cursos e oficinas 

Serão oferecidas qualificações em corte e costura, inglês intermediário e instalação e manutenção de ar-condicionado.


Márcio Jerry anuncia criação da primeira escola integral bilíngue do Maranhão

No dia em que estudantes e professores foram novamente às ruas protestar contra os cortes de mais de R$ 5 bilhões impostos pelo Governo Federal e contra a tentativa de desmonte da educação pública gratuita do país, o deputado federal Márcio Jerry (PCdoB-MA) ocupou a tribuna da Câmara dos Deputados para anunciar que o Governo do Maranhão deve inaugurar, já em 2020, a primeira escola de tempo integral bilíngue do Estado.

“Não há possibilidade alguma de que pensemos em desenvolvimento, em inclusão social e na justiça sem que haja oportunidades que só a educação de qualidade pode oportunizar, especialmente aos filhos dos trabalhadores de nosso país”, disse no fim desta terça-feira (13). Citando o Programa Escola Digna, que já reestruturou quase mil escolas no Maranhão, Jerry afirmou que a gestão conduzida pelo Governador Flávio Dino (PCdoB) aponta um “rumo para uma política pública eficaz, agregadora e convergente”.

“Estamos em uma cruzada civilizacional porque, infelizmente, o Governo Federal tenta reiteradamente, a todo custo, destruir a educação brasileira em todos os seus fundamentos, em todos os seus níveis. Isso constitui um crime de lesa-pátria”, referindo-se às medidas anunciadas pelo Presidente Jair Bolsonaro (PSL), que fez com que a educação fosse o setor mais atingido do país.

Desde o início de 2019, os cortes para a educação chegaram a R$ 5,84 bilhões, montante que representa quase 19% do total de R$ 31 bilhões cortados de 28 áreas, entre elas administração, relações exteriores e transporte.


Aberta consulta pública para definição de cursos do pólo de educação superior da Uema em Bequimão

alunos manuel beckman

Começou nesta sexta-feira (9), a Consulta Pública pela internet para definição dos cursos de graduação a serem oferecidos pelo polo de educação superior da Universidade Estadual do Maranhão (Uema), no município de Bequimão.

A plataforma para a votação da comunidade estudantil de Bequimão foi apresentada pela pró-reitora de Graduação da Universidade Estadual do Maranhão, Zafira Almeida, a coordenadora da Uemanet, Ilka Serra, acompanhadas do secretário adjunto Robson Paz (Radiodifusão) e de técnicos da instituição, no Centro de Ensino Médio Manuel Beckman.

“Este é o início de um trabalho que certamente haverá de ser ampliado e dará muitos resultados para Bequimão, consolidando o município como pólo importante educacional e economicamente da região”, afirmou a pró-reitora Zafira.

Serão ofertados três cursos de graduação no polo da Uema em Bequimão, com início das aulas previstas para o início de 2020. Estão disponíveis para votação pela internet os cursos de Física, Geografia, Pedagogia, Administração Pública (Bacharelado) e Gestão Comercial. Destes, os três com maior votação na Consulta Pública serão ofertados pela Uema, com 35 vagas para cada um. A consulta pública será concluída em dez dias.

Para ter acesso aos cursos, os candidatos deverão prestar concurso vestibular específico para o pólo de Bequimão, cujo calendário será posteriormente divulgado pela Pró-Reitoria de Graduação da Uema.

“O sonho do polo da Uema em nossa Bequimão deu mais um passo importante rumo à realidade. Momento marcante dialogar com os estudantes sobre os cursos oferecidos e a participação dos alunos no processo de consulta pública. Esta iniciativa é mais uma demonstração da sensibilidade do governador Flávio Dino com a educação e o cuidado com nosso município”, afirmou Robson Paz.

VISTORIA

A equipe da Uema também visitou as instalações do IEMA (Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão) Unidade Vocacional de Bequimão para vistoriar o espaço, que vai abrigar o polo da universidade, no município.manuel beckman-uema

O prédio foi aprovado pelos profissionais da Uema. Serão feitas adequações visando instalar laboratórios, biblioteca e rede de internet para os alunos.

A visita da comitiva da Uema e do governo do Estado foi acompanhada pelos gestores do Iema, Emerson Pereira; do CEM Manuel Beckman, Francisco Ferreira; pelo vice-presidente da Câmara de Vereadores, Fredson; a presidente do PCdoB de Bequimão, Amércia Suzane, e o ex-vereador Elanderson.


Professor Francisco participa de reunião com secretário Felipe Camarão

Francisco-Felipe CamarãoO gestor do Centro de Ensino Médio Manuel Beckman, professor Francisco Ferreira, participou de reunião com secretário Felipe Camarão (Educação), no município de Pinheiro.

“Estivemos reunidos em Pinheiro com Secretário de Estado de Educação Felipe Camarão. Tratando sobre as ações da educação para este segundo semestre”, afirmou o diretor.

Da conversa na Unidade Regional de Educação em Pinheiro participaram os gestores das escolas de ensino médio da região para avaliar resultados e traçar metas para o Mais Ideb realizado pela Secretaria de Educação.


Consulta pública vai definir cursos de graduação a serem ofertados no polo da Uema em Bequimão

Reitor Gustavo-Audiência Pública-BequimãoO polo de educação superior da Universidade Estadual do Maranhão (Uema) no município de Bequimão vai ofertar dois cursos de graduação, dois cursos de especialização e um de nível técnico.

Durante a audiência pública, articulada por Robson Paz e realizada em Bequimão, ficou definido que haverá consulta pública para escolha dos cursos de graduação a serem ofertados pela Uema no município.

O reitor da Uema, Gustavo Pereira da Costa, antecipou que serão disponibilizados cinco cursos de graduação para consulta pública. Destes dois serão oferecidos para os candidatos no primeiro processo seletivo para ingresso no polo da Uema.

Os cursos que serão colocados para consulta pública são: Geografia, Física, Gestão Pública, Gestão Comercial e Pedagogia.

“Nós vamos avaliar a melhor forma de fazer a consulta pública em parceria com a Secretaria de Comunicação e Assuntos Políticos, aqui representada por Robson Paz, que nos auxiliará na divulgação, inclusive do calendário, para que a população possa participar ativamente deste processo coletivo e democrático”, disse o reitor da Uema, na audiência pública.


Governo Flávio Dino vai premiar alunos, professores e gestores com melhor desempenho no Mais IDEB

Alunos rede estadualAlunos, professores, diretores e gestores escolares que alcançarem os melhores resultados e envolvimento no Programa Mais IDEB, do Governo do Estado, serão premiados em dinheiro. Os valores variam de R$ 400 a R$ 2.500, de acordo com a categoria. No total, serão mais de 2.800 prêmios distribuídos.

Com o Mais IDEB, o governo tem estimulado a qualidade da educação básica nas escolas públicas da rede estadual, a partir da melhoria da aprendizagem dos estudantes, o que já resultou na elevação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB).

“Serão premiados estudantes, professores e gestores de escolas públicas da rede estadual, com base no resultado de desempenho expresso pelo IDEB, calculado pelo Sistema Estadual de Avaliação do Maranhão (SEAMA) e pelos simulados realizados pelo governo. As premiações variam de R$ 400 a R$ 2.500, de acordo com a categoria”, explicou o subsecretário da Secretaria de Estado da Educação (SEDUC), Danilo Moreira.

Prêmio

Todos os alunos, professores, gestores da rede pública estadual já estão concorrendo ao prêmio. Porém, para sair vencedor, alguns critérios precisam ser cumpridos, e eles variam de acordo com a categoria. Além dos bons resultados em provas, são cobradas a participação em aulões, simulados e outras atividades que incluem o programa.

Estudantes

De acordo com a Portaria nº 814 da Secretaria de Estado da Educação (SEDUC), serão contemplados até 50 estudantes do 9° ano do Ensino Fundamental, e até 1.950 estudantes da 3ª série do Ensino Médio da rede Estadual de Ensino, mais bem classificados no Índice do Desempenho Escolar do Maranhão e simulados realizados pelo Mais IDEB. Os prêmios terão valor de R$ 400 para cada estudante.

Para os 10 alunos da 3ª série do Ensino Médio, com melhor classificação, há ainda a possibilidade de receber uma bolsa de estudo em qualquer instituição de ensino superior, situada no Estado do Maranhão.

Se aprovados para universidades públicas, as bolsas terão o valor de R$ 400. No caso de instituições privadas, a bolsa refere-se ao custeio da mensalidade. O valor da bolsa poderá ser de até R$ 1.000 por estudante. O limite máximo para concessão da bolsa é de quatro anos, independentemente do curso ou da instituição.

Além dos bons resultados nas provas, para conquistar o prêmio, os estudantes precisam ter frequência escolar mínima de 90% e participação na Prova Brasil realizada pelo Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB/MEC).

Professores

Já para os professores, os prêmios são de R$ 2.000. Serão reconhecidos até 30 professores do 9° do Ensino Fundamental e até 270 professores da 3ª série do Ensino Médio que atenderem aos critérios de assiduidade mínima de 98% na escola; cumprimento integral da carga-horária nos períodos letivos finalizados; participação em 100% das ações desenvolvidas pelo Programa Mais IDEB; participação de, no mínimo, 90% dos estudantes das respectivas turmas da Prova Brasil.

A premiação do professor terá como base o Índice de Desempenho Escolar do Maranhão e/ou resultados dos simulados realizados e serão consideradas as turmas com melhor performance escolar do Maranhão.

Gestores

Gestores escolares do Ensino Fundamental e Médio também receberão prêmios. Serão até 20 diretores gerais e adjuntos de escolas de Ensino Fundamental, o que totaliza até 40 contemplados e, do Ensino Médio, até 180 gestores gerais e 360 gestores auxiliares.

Para diretores gerais, diretores adjuntos e gestores gerais, os prêmios são de R$ 2.500. Para gestores auxiliares, o valor é de R$ 2.000.

Os gestores deverão garantir a realização de 100% das atividades previstas no Programa Mais IDEB, além da participação de, no mínimo, 90% dos estudantes da escola na Prova Brasil, para que conquistem o prêmio.