Apoio aos empresários do Maranhão

Por Flávio Dino

Foto_KarlosGeromy-Governando-Juntos-Encontro-de-Prefeitos-Eleitos-e-Reeleitos-5-260x170Coube-nos governar nosso Estado numa das fases mais difíceis da história do Brasil. Somam-se recessão econômica, crise política e institucional, com severas repercussões fiscais e sociais, em todo o país. Para enfrentar mares tão bravios, é preciso ter firmeza no leme, sabedoria na navegação e muita união de todos que estão no mesmo barco.

A união que temos buscado não é fruto da ausência de divergências, mas sim da priorização das convergências possíveis, mediante amplo diálogo. Temos exercido esse método por vários caminhos: orçamento participativo, fóruns, seminários, conferências, conselhos, caravanas.

Esta semana, demos mais um passo na concretização desse método de governo. Em evento com empresários na FIEMA, em 2014, assumi o compromisso de manter o diálogo aberto com o setor para criar um ambiente de negócios favorável a todos, com total respeito à legalidade. É o que temos feito desde o início e agora aprofundamos com a Caravana pelo Desenvolvimento Empresarial.

Logo no primeiro mês de governo, criei o Conselho Empresarial do Maranhão, reunindo as principais instituições estaduais do setor para debater formas de ampliar o desenvolvimento de nosso estado. Neste fórum, debatemos diversas medidas tomadas por nosso governo, como o Programa Mais Empresas, a revisão da tabela do SIMPLES, incentivos fiscais setoriais e simplificação de procedimentos de licença ambiental.

Nos diálogos com os empresários, também temos tratado da necessária responsabilidade fiscal, especialmente nessa hora de crise tão aguda. Fico satisfeito de saber que estamos no caminho certo quando vemos que a Firjan (Federação das Indústrias do Rio de Janeiro) nos coloca em 2° lugar no ranking dos estados com melhor situação fiscal. Essa gestão responsável, cortando desperdícios, é que tem nos permitido atravessar a crise nacional sem os mesmos infortúnios de outros estados, que convivem com atrasos de salários e cortes de serviços essenciais.

A responsabilidade fiscal é fundamental para a sociedade, pois imaginemos os efeitos sobre o comércio maranhense se o Estado não pagasse os seus servidores públicos. Ou se paralisássemos as 890 obras que mantemos, imprescindíveis para a geração de oportunidades para milhares de empresas e trabalhadores. Nossa disciplina fiscal também tem garantido a ampliação de serviços públicos e investimentos. Hoje temos mais escolas, policiais, hospitais, viaturas policiais, ambulâncias, unidades do VIVA e restaurantes populares do que no passado.

Visando ampliar esses avanços, demos início esta semana à Caravana pelo Desenvolvimento Empresarial, que percorrerá 20 cidades de todas as regiões para ouvir dos empresários sugestões de parcerias visando ao crescimento de nosso estado.

As Caravanas também são um momento de apresentar aos empresários nosso novo programa, o Maranhão Juro Zero. Por meio dele, o Governo do Maranhão irá cobrir os gastos com juros em empréstimos junto ao Banco do Brasil para micro e pequenos empresários. Com essa ação, pretendemos movimentar R$ 92 milhões na economia do estado.  O programa é dividido entre as 21 microrregiões do estado, proporcionalmente ao número de empresas ativas.

Com ações como essas e dialogando com os empresários nas Caravanas, vamos criando um ambiente de negócios mais equânime a todos. Sem favorecimentos ou privilégios típicos do passado (que não voltará). Convido a todos os empresários do Maranhão a participar das próximas edições da Caravana Empresarial, participando da construção de um Maranhão de Todos Nós.

Advogado, 49 anos, Governador do Maranhão. Foi presidente da Embratur, deputado federal e juiz federal.


Dilema da direita

untitledROBSON PAZ

A direita conservadora do país está diante de um dilema. O que fazer com o ex-presidente Lula? Prisão? Cassar os direitos políticos? Haverá provas de sua culpabilidade? Seja qual for a alternativa, resta uma certeza: os responsáveis pelo afastamento de Dilma Rousseff da Presidência da República estão preocupados. Por uma razão muito simples. O país vai muito mal na política e na economia. Por outro lado, o ex-presidente Lula cresce cada vez mais nas pesquisas de intenções de votos. A despeito do massacre midiático diário a que está submetido, há mais de dois anos.

A julgar pela repercussão nas redes sociais, na imprensa internacional e nas conversas de feiras, o depoimento do ex-presidente ao juiz Sérgio Moro reacendeu a chama que mantém a pré-candidatura de Lula como farol das forças democráticas, populares e progressistas do país.

A escassez de provas concretas e cabais contra Lula tornam as chances de condenação e consequente prisão do líder petista praticamente nulas. Por isso mesmo, o ex-presidente avança no espectro eleitoral.

Resta à retrógrada direita apostar na cassação dos direitos políticos de Lula evitando assim que este seja candidato a presidente em 2018. Seria esta uma opção arriscada, mas não impossível para os patrocinadores do impeachment sem crime de responsabilidade.

Esta possibilidade, contudo, não parece capaz de oferecer segurança à elite e seus satélites partidários – PSDB, PMDB e DEM. Por uma razão muito singela: seus candidatos prediletos Aécio Neves, Geraldo Alckmin e José Serra têm pífio desempenho junto ao eleitorado. Não por acaso, João Dória e Luciano Huck são postos como alternativas por parte da grande mídia.

Com Lula fora da disputa, os candidatos poderiam crescer é verdade. Contudo, ainda que Lula tenha os direitos políticos cassados, este não perde a condição de atuar politicamente em favor de um candidato. Para quem elegeu a ex-presidenta Dilma Rousseff por duas vezes não parece ser algo tão complexo conquistar mais uma vitória eleitoral. E quais seriam os nomes mais competitivos na esquerda? Ciro Gomes (PDT), Flávio Dino (PCdoB) e Fernando Haddad (PT). Destes, apenas o governador do Maranhão abdicou da condição de pré-candidato. Ciro tenta viabilizar-se e Haddad aguarda convocação do PT.

A hipótese cada vez mais provável de que Lula seja inocentado seria o golpe de misericórdia nas pretensões dos conservadores. Isto é mensurado constantemente por pesquisas. Estas apontam que a população brasileira está com a memória muito viva. Não por acaso, políticos que apoiaram o impeachment tem sido alvo de apupos pelo país.

Todos concordam que o Brasil precisa se reencontrar, reinventar, especialmente no campo político. Lula em certa medida representa o período da redução das desigualdades, geração de emprego e investimento em políticas públicas.

Comportamentos exemplares como de alunos que relatam aos pais notas baixas, mau comportamento na escola deveriam ser seguidos por investigadores que insistem em conduzir seletivamente investigações. Enquanto, isso sua excelência o povo toma partido do Brasil de verdade.

Radialista, jornalista. Secretário adjunto de Comunicação Social e diretor-geral da Nova 1290 Timbira AM.


Nova 1290 Timbira é lançada com programação inovadora e plataforma 0800

A Rádio Timbira foi totalmente repaginada e apresentada oficialmente na manhã desta quarta-feira (17), em solenidade no Palácio dos Leões. O governador Flávio Dino apresentou a Nova 1290 Timbira aos maranhenses e a linha telefônica 0800, que garantirá maior acesso aos ouvintes em todo o estado. Também foi lançado o novo portal e um moderno layout para redes sociais com o objetivo de democratizar o acesso à informação.

A Nova 1290 Timbira facilita o acesso ao conteúdo da rádio. Ela estreia a programação inovadora e moderna que fica disponível no site de forma quase simultânea. Ao todo, são 26 programas produzidos semanalmente. A grande novidade da 1290 AM é a plataforma ‘A voz do povo’, que disponibilizará, por meio do telefone 0800 098 1686, acesso gratuito de interação da população durante os programas.

Em seu discurso, o governador Flávio Dino ressaltou que o lançamento da Nova 1290 Timbira se insere em uma lógica de Governo de que é preciso consolidar experiências realizadas de modo duradouro, para que elas não sejam sujeitas às naturais flutuações da política. “E inserimos a comunicação pública neste rol de iniciativas que deve se perenizar por sobre divergências partidárias e as contingências naturais do processo democrático eleitoral”, pontuou.

De acordo com o governador, a Timbira cumpre múltiplos papeis. Um deles, é o de alargar o diálogo com a população. “Nesse sentido da ampliação do diálogo eu queria sublinhar uma das inovações deste evento que é o telefone 0800, disponível para todos os ouvintes. Há um debate clássico, sobre os direitos fundamentais, e um deles trata da remoção dos obstáculos econômicos ao exercício de direitos. É o que nós estamos fazendo”, explicou Flávio Dino, que destacou a necessidade de dar voz à população.

WhatsApp Image 2017-05-17 at 15.26.22
Outro ponto abordado pelo governador como essencial para o fortalecimento da Nova 1290 Timbira diz respeito ao objetivo de “funcionar como uma referência de formação de novos profissionais”. De acordo com ele, a nova grade foi formada com “mestres em jornalismo para servir como referência para as novas gerações”. “É importante nós fazermos um jornalismo sério, decente, responsável, que ajuda com que o jovem estudante de jornalismo e radialismo tenha como referência. Porque se trata de elevar o nível de consciência cidadã, educacional ou cultural do nosso povo”, reiterou.

Para o secretário de Comunicação Social e Assuntos Políticos (Secap), Márcio Jerry, esse é um momento de congratular e parabenizar a equipe, e superar o desafio de fazer com que os cidadãos maranhenses possam ter contato diário com a agenda de mudanças do Maranhão. “A Nova 1290 Timbira assegura e amplia direitos à comunicação. O cidadão tem esse direito e é importante que ele seja reproduzido e irradiado pelo Maranhão de maneira plural e democrática”, frisou.

Mudanças

A Nova 1290 Timbira tem parceria com mais de 40 rádios em todas as regiões do Maranhão. A repaginada programação conta com nomes históricos da radiodifusão maranhense como os apresentadores José Raimundo Rodrigues, Silvan Alves, Ivson Lima, Gisa Franco, Gilberto Lima, Marcus Saldanha, entre outros.WhatsApp Image 2017-05-17 at 15.28.37

“Hoje já há um projeto de parcerias com dezenas de emissoras do Maranhão, há um diálogo permanente com portais, blogs, com a rede estadual de radiodifusão comunitária que é um espectro muito importante para a democratização da comunicação no nosso país”, explicou Márcio Jerry.

O secretário adjunto de Comunicação da Secap e diretor geral da Timbira, Robson Paz, contou que em 2015, quando a atual administração assumiu a rádio, o cenário era de completo estado de abandono. Equipamentos sucateados, instalações inadequadas, espaço insalubre para os profissionais que tinham que viver com ratos, baratas e cupins, “a rádio passou por um período de mais de 20 anos completamente abandonada”.

“Passado esse período nós tivemos, num primeiro momento, a transferência do parque de transmissores, depois de um estudo técnico realizado trouxemos a rádio para um parque novo. Toda a grande São Luís, parte do interior do estado e outras regiões hoje recebem o sinal direto com qualidade da Nova 1290”, disse Robson Paz, que classificou o novo momento como um investimento importante na valorização de profissionais buscando melhorar a qualidade da programação.


Desatenção federal

untitledROBSON PAZ

Estradas federais deterioradas. Duplicação da BR-135 paralisada. Minha Casa Minha Vida em marcha lenta. Ameaça de cortes em recursos da saúde e educação. É grave a política reducionista de investimentos e a desatenção do governo federal com a população maranhense.

Parte das rodovias federais, que cortam o Estado, está com a estrutura comprometida e pondo em risco a vida de condutores. Mas, o símbolo maior da inação do governo federal, é o trecho inconcluso da BR-135, do Campo de Peris à Bacabeira. A obra iniciada, há cerca de cinco anos, foi paralisada pela enésima vez. Nem as centenas de vidas ceifadas no local parecem suficientes para sensibilizar as autoridades federais.

A cada nova tragédia o assunto volta à tona. Na prática, pouco tem sido feito para concluir a obra. O governador Flávio Dino propôs que União transfira a responsabilidade pela conclusão da rodovia ao governo do Estado. Em vão.

Ao assumir o governo, o presidente Michel Temer enviou ao Maranhão o ministro dos Transportes, que visitou o aludido trecho da BR-135. No entanto, a realidade é a mesma. Abandono do canteiro de obras e o perigo constante rondando a estrada, esburacada, sem iluminação, acostamento e animais pela pista. Convite ao infortúnio.

A paralisação das obras do “Minha Casa Minha Vida” tem duplo prejuízo para os maranhenses. Primeiro, porque cidadãos de baixa renda, sem acesso à casa própria têm dificultado o sonho de deixar o aluguel ou a moradia em condições subhumanas. Depois, a escassez dos postos de trabalho advindos da construção civil. Em conseqüência perde também o comércio face à redução do poder de compra dos trabalhadores. Ciclo que compromete em grande medida a atividade econômica.

Não bastasse isso, recentemente, o governo federal ameaçou cortar recursos de duas áreas vitais para o desenvolvimento do Estado. Na educação, corte de R$ 224 milhões com a antecipação do pagamento de repasses feitos ao governo do Estado pela União. Na saúde, redução em R$ 7,5 milhões nos repasses para média e alta complexidade dos municípios de São Luís, Imperatriz, São José de Ribamar, Amarante do Maranhão.

Em ambos os casos, as medidas drásticas e danosas para o Estado só não foram efetivadas devido à ação firme da bancada federal, na Câmara dos Deputados, coordenada pelo deputado federal Rubens Júnior (PCdoB).

A despeito do festejado prestígio político de velhas raposas políticas junto ao presidente Michel Temer, os maranhenses tem experimentado um dos menores investimentos federais, no Estado. Até parece que o tal prestígio funciona às avessas. Nunca é demais lembrar a luta travada pelo governo do Maranhão, no Senado Federal, em meados da década passada, para liberar um simples empréstimo junto ao Banco Mundial para combater a pobreza extrema.

Hora da bancada federal, população e todas as forças políticas progressistas unirem-se para exigir do governo federal a atenção que nosso Estado merece.

Radialista, jornalista. Secretário adjunto de Comunicação Social e diretor-geral da Nova 1290 Timbira AM.


Nova 1290 Timbira ganha destaque na Câmara dos Deputados e na Assembleia Legislativa

Parlamentares da Assembleia Legislativa e da Câmara dos Deputados fizeram pronunciamentos nas duas Casas nesta semana para destacar a qualidade e a relevância da Nova 1290 Timbira. A emissora estreou programação, apresentadores e conteúdo novos no início deste mês.

“Quero registar a Nova 1290 Timbira AM, que foi totalmente reformulada. Neste novo governo, a ampliação do parque de transmissores, agora via satélite, e uma parceria com dezenas de emissoras, permite a interiorização da comunicação pública no Maranhão”, disse o deputado federal e coordenador da bancada maranhense no Congresso Nacional, Rubens Junior.

O parlamentar ressaltou que a Timbira é um patrimônio cultural do Maranhão, que passou por um período obscuro, mas foi resgatada pela atual gestão: “Houve uma tentativa de extingui-la com um processo de privatização que não prosseguiu. Hoje, com tudo novo, a rádio prioriza uma programação com jornalismo, esporte, prestação de serviço, além de uma nova página na internet e presença marcante nas redes sociais”.

Liberdade de expressão

Na Assembleia Legislativa do Maranhão, o líder do governo na Assembleia, deputado estadual Rogério Cafeteira, afirmou que, em pouco mais de dois anos de governo Flávio Dino, a rádio recebeu novo parque de transmissões, novo sistema de irradiação e passou a ser transmitir também via satélite. O sinal chegou a muito mais municípios.

“Nunca é demais lembrar que em pleno ano de 2014, mesmo sucateada, a emissora pública proibiu a participação de ouvintes. Absurdo corrigido imediatamente pela atual gestão, garantindo a milhares de maranhenses o direito fundamental de acesso à informação e à liberdade de expressão”, disse Cafeteira.

O deputado citou o nome de diversos profissionais de peso que fazem parte da programação da rádio: “É um time de primeiríssima qualidade. É o Maranhão falando com o Maranhão. A pluralidade de vozes tão necessária para efetiva democratização da mídia”.

Na tribuna da Assembleia, o deputado Marco Aurélio também destacou a reestruturação da emissora: “A Rádio Timbira tem uma integração em todo o estado e consegue pautar o Maranhão e dar voz à comunidade”. O deputado Bira do Pindaré parabenizou a Nova 1290 Timbira e elogiou os profissionais da emissora.


Inscrições para o Encontro de Vereadores e Vereadoras abertas até o dia 22

govma-marca-260x170

Vereadores maranhenses terão a oportunidade de fazer solicitações, expor as demandas de suas regiões e conhecer mais sobre as plataformas políticas de Estado, durante o ‘Encontro com Vereadores e Vereadoras’. Promovido pelo Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Comunicação Social e Assuntos Políticos (Secap), o evento vai debater, no dia 30 deste mês, o tema ‘Cidades com Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental’, no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana, Multicenter Sebrae. A proposta é reunir o maior número possível de parlamentares dos 217 municípios para discutir projetos, solucionar demandas e estreitar as relações com o Governo. As inscrições estão abertas até dia 22.

Para participar, basta acessar a página do evento no endereço http://www.ma.gov.br/encontrodevereadores, clicar no link ‘Inscrição’, selecionar o município, preencher o questionário e clicar em ‘Enviar’ para validar a inscrição. “Esse encontro vai promover ainda mais a integração com os municípios e fortalecer as ações em parceria que estão em curso e são uma constante do governo Flávio Dino. Estreitar laços e ouvir o que os representantes do povo têm a dizer para que possamos construir uma política cada vez mais voltada para o cidadão”, avalia o titular da Secap, Márcio Jerry.

Na programação, diálogo com os secretários de Estado e membros da diretora do Instituto Brasileiro de Administração Municipal (Ibam); ciclo de reuniões setoriais sobre planejamento de gestão ambiental do Bioma Amazônia, de Recursos Hídricos nas Bacias do Rio Itapecuru e do Rio Parnaíba, Plano ‘Mais IDH’, dentre outros. Na ocasião, serão apresentados relatórios das reuniões, promovidas mesas técnicas coordenadas por secretários e representantes de órgãos estaduais e encerrando, às 16h, palestra do governador Flávio Dino sobre o tema do Encontro. Durante todo o evento, os convidados terão a oportunidade de conhecer experiências de outras regiões, nos estandes montados com exposições, cases de sucesso, informações, programas e ações dos municípios, das 8h às 16 horas.

O evento integra o Termo de Cooperação Institucional firmado entre o Governo do Maranhão e o Ibam, para implantar o Programa de Qualificação da Gestão Ambiental nos 102 municípios que compõe o Bioma da Amazônia. O termo prevê a apresentação do Plano Estadual de Meio Ambiente, além de garantir capacitação e assessoria jurídica em gestão ambiental aos municípios. Em 2015, o Governo do Estado realizou o primeiro encontro com os representantes do legislativo municipal, da época, das 102 cidades. Para este ano, o evento contempla os 217 municípios maranhenses, para apresentarem suas diretrizes e conhecerem as políticas do Governo.


Cafeteira destaca revitalização da Nova 1290 Rádio Timbira AM

cafeteira8Durante a sessão plenária desta segunda-feira (8), o líder do governo na Assembleia, deputado Rogério Cafeteira (PSB), repercutiu a revitalização da Rádio Timbira AM, que, segundo ele, passou por notáveis transformações estruturais, de pessoal e, também, agora conta com nova programação.

Ouça íntegra do discurso do deputado Rogério Cafeteira:

Em sua fala, o parlamentar destacou que em pouco tempo, durante os dois anos e quatro meses da gestão Flávio Dino, a rádio ganhou novo parque de transmissões, com novas torres de link, de transmissão, novo sistema de irradiação e passou a ser transmitir também via satélite; além da expansão do alcance de sinal para uma maior quantidade de municípios maranhenses.

O líder do governo enfatizou que um direito básico do cidadão maranhense está sendo garantido com a revitalização da Rádio Timbira, que é o acesso à informação. “Nunca é demais lembrar que em pleno ano de 2014, mesmo sucateada, a emissora pública proibiu a participação de ouvintes. Absurdo corrigido imediatamente pela atual gestão, garantindo a milhares de maranhenses o direito fundamental de acesso à informação e à liberdade de expressão”, disse.

NOVA PROGRAMAÇÃO

Entre as novas atrações da rádio, Cafeteira lembrou que a Timbira contará com uma programação que engloba jornalismo, cultura, esporte, prestação de serviço e integração com os ouvintes e, segundo ele, esses temas serão trabalhados com prioridade na emissora.

Ele citou a equipe que irá fazer a nova programação da rádio, que também passará a ser conhecida como a Nova 1290. “Entre o grande número de profissionais da radiofonia maranhense, temos já Gilberto Lima, Edvaldo Oliveira, Batista Matos, Mônica Moreira Lima, Ivison Lima, Silvam Alves, José Raimundo Rodrigues, Renato Júnior, Edivan Fonseca, Maria Espíndola, Marden Ramalho, Ronald Pimenta, Marcos Saldanha, Ademar Danilo, Gisa Franco, Noel Soares, Laércio Junho, Daniel Amorim, Gil Porto, Roni Moreira, um time de primeiríssima qualidade. É o Maranhão falando com o Maranhão. A pluralidade de vozes tão necessária para efetiva democratização da mídia”, assinalou.

Rogério Cafeteira informou que a rádio conta agora com um novo site, que pode ser acessado pelo endereço eletrônico www.radiotimbira.ma.gov.br e também pelos aplicativos Tuneln, Radiosnet, além de aplicativo próprio encontrado na Play Store.