Robson Paz: Timbira é ponto de luz na comunicação pública no país

Do Blog do John Cutrim

Paz no ComandoO secretário adjunto de Radiodifusão e gestor da Rádio Timbira, Robson Paz afirmou que a emissora é uma experiência exitosa na comunicação pública do país.

“A Timbira é hoje um ponto de luz em meio às trevas, que tomaram conta da comunicação pública do país com a incorporação da TV Brasil pela estatal NBR”, disse Paz, numa referência ao desmonte da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) pelo governo Bolsonaro.

A mais longeva rádio do Maranhão completou 78 anos, nesta quinta-feira (15), em meio a índices crescentes de audiência e maior alcance de sinal.

Durante entrevista ao programa Comando da Manhã, Robson Paz ressaltou o resgate e modernização da rádio pelo governador Flávio Dino. “Hoje temos uma emissora que cumpre em plenitude o que preconiza a carta universal dos Direitos Humanos ao proporcionar acesso à informação e liberdade de expressão”, afirmou.

A Timbira conta com modernos equipamentos e uma das mais consagradas equipes de jornalistas e radialistas. “Temos uma programação plural e democrática e agradecemos a todos os nossos colaborares, ouvintes e internautas porque eles são os responsáveis pelo sucesso e a razão da existência da Timbira”, enfatizou.

Em vídeo, o governador Flávio Dino parabenizou ouvintes e toda equipe da rádio pelos 78 anos.

O deputado federal Márcio Jerry destacou na Câmara dos Deputados o ressurgimento da Timbira e classificou a rádio como um exemplo de comunicação pública para o país.

Por todo o dia, dezenas de autoridades, personalidades da cultura, do esporte manifestaram suas felicitações à emissora. Os secretário Rodrigo Lago (Comunicação e Assuntos Políticos) e Márcio Honaiser (Desenvolvimento Social), além do deputado estadual Zé Inácio (PT) participaram do ato comemorativo na sede da emissora ao lado da direção e todos os colaboradores da Timbira.


VÍDEO | Deputado Márcio Jerry diz que Timbira é exemplo de comunicação pública

Do Blog do Clodoaldo

O deputado federal Márcio Jerry (PCdoB) registrou na tribuna da Câmara Federal os 78 anos da primeira rádio do Maranhão, a Timbira AM.

“Uma rádio pública, uma rádio que tem um funcionamento democrático, amplo, plural e longeva. 78 anos que esta rádio funciona e é um exemplo de comunicação pública no nosso país”, discursou.

Fundada em 1941, a Timbira passou por completa reestruturação física, de equipamentos e programação no governo Flávio Dino. Atualmente, está entre as emissoras mais ouvidas do Estado.

Jerry cumprimentou a todos os colaboradores da Timbira da emissora e o diretor-geral, Robson Paz. “Dirijo um abraço muito caloroso a todos que fazem a emissora, ao diretor companheiro jornalista e radialista Robson Paz, ao governo do Maranhão, ao governador Flávio Dino por ter oportunizado a ressurreição da Rádio Timbira, que estava enterrada, esquecida”, disse.

O ex-secretário de Comunicação e Assuntos Políticos do Maranhão afirmou que a Timbira oferece serviços importantes de comunicação pública, democrática e ampla para a população do Maranhão.


Márcio Jerry anuncia criação da primeira escola integral bilíngue do Maranhão

No dia em que estudantes e professores foram novamente às ruas protestar contra os cortes de mais de R$ 5 bilhões impostos pelo Governo Federal e contra a tentativa de desmonte da educação pública gratuita do país, o deputado federal Márcio Jerry (PCdoB-MA) ocupou a tribuna da Câmara dos Deputados para anunciar que o Governo do Maranhão deve inaugurar, já em 2020, a primeira escola de tempo integral bilíngue do Estado.

“Não há possibilidade alguma de que pensemos em desenvolvimento, em inclusão social e na justiça sem que haja oportunidades que só a educação de qualidade pode oportunizar, especialmente aos filhos dos trabalhadores de nosso país”, disse no fim desta terça-feira (13). Citando o Programa Escola Digna, que já reestruturou quase mil escolas no Maranhão, Jerry afirmou que a gestão conduzida pelo Governador Flávio Dino (PCdoB) aponta um “rumo para uma política pública eficaz, agregadora e convergente”.

“Estamos em uma cruzada civilizacional porque, infelizmente, o Governo Federal tenta reiteradamente, a todo custo, destruir a educação brasileira em todos os seus fundamentos, em todos os seus níveis. Isso constitui um crime de lesa-pátria”, referindo-se às medidas anunciadas pelo Presidente Jair Bolsonaro (PSL), que fez com que a educação fosse o setor mais atingido do país.

Desde o início de 2019, os cortes para a educação chegaram a R$ 5,84 bilhões, montante que representa quase 19% do total de R$ 31 bilhões cortados de 28 áreas, entre elas administração, relações exteriores e transporte.


Aberta consulta pública para definição de cursos do pólo de educação superior da Uema em Bequimão

alunos manuel beckman

Começou nesta sexta-feira (9), a Consulta Pública pela internet para definição dos cursos de graduação a serem oferecidos pelo polo de educação superior da Universidade Estadual do Maranhão (Uema), no município de Bequimão.

A plataforma para a votação da comunidade estudantil de Bequimão foi apresentada pela pró-reitora de Graduação da Universidade Estadual do Maranhão, Zafira Almeida, a coordenadora da Uemanet, Ilka Serra, acompanhadas do secretário adjunto Robson Paz (Radiodifusão) e de técnicos da instituição, no Centro de Ensino Médio Manuel Beckman.

“Este é o início de um trabalho que certamente haverá de ser ampliado e dará muitos resultados para Bequimão, consolidando o município como pólo importante educacional e economicamente da região”, afirmou a pró-reitora Zafira.

Serão ofertados três cursos de graduação no polo da Uema em Bequimão, com início das aulas previstas para o início de 2020. Estão disponíveis para votação pela internet os cursos de Física, Geografia, Pedagogia, Administração Pública (Bacharelado) e Gestão Comercial. Destes, os três com maior votação na Consulta Pública serão ofertados pela Uema, com 35 vagas para cada um. A consulta pública será concluída em dez dias.

Para ter acesso aos cursos, os candidatos deverão prestar concurso vestibular específico para o pólo de Bequimão, cujo calendário será posteriormente divulgado pela Pró-Reitoria de Graduação da Uema.

“O sonho do polo da Uema em nossa Bequimão deu mais um passo importante rumo à realidade. Momento marcante dialogar com os estudantes sobre os cursos oferecidos e a participação dos alunos no processo de consulta pública. Esta iniciativa é mais uma demonstração da sensibilidade do governador Flávio Dino com a educação e o cuidado com nosso município”, afirmou Robson Paz.

VISTORIA

A equipe da Uema também visitou as instalações do IEMA (Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão) Unidade Vocacional de Bequimão para vistoriar o espaço, que vai abrigar o polo da universidade, no município.manuel beckman-uema

O prédio foi aprovado pelos profissionais da Uema. Serão feitas adequações visando instalar laboratórios, biblioteca e rede de internet para os alunos.

A visita da comitiva da Uema e do governo do Estado foi acompanhada pelos gestores do Iema, Emerson Pereira; do CEM Manuel Beckman, Francisco Ferreira; pelo vice-presidente da Câmara de Vereadores, Fredson; a presidente do PCdoB de Bequimão, Amércia Suzane, e o ex-vereador Elanderson.


Professor Francisco participa de reunião com secretário Felipe Camarão

Francisco-Felipe CamarãoO gestor do Centro de Ensino Médio Manuel Beckman, professor Francisco Ferreira, participou de reunião com secretário Felipe Camarão (Educação), no município de Pinheiro.

“Estivemos reunidos em Pinheiro com Secretário de Estado de Educação Felipe Camarão. Tratando sobre as ações da educação para este segundo semestre”, afirmou o diretor.

Da conversa na Unidade Regional de Educação em Pinheiro participaram os gestores das escolas de ensino médio da região para avaliar resultados e traçar metas para o Mais Ideb realizado pela Secretaria de Educação.


VÍDEO | Dinha Pinheiro rompe com Zé Martins e anuncia pré-candidatura a prefeita

A secretária de Cultura e Promoção da Igualdade Racial do município de Bequimão, Dinha Pinheiro, pediu exoneração do cargo e anunciou que vai disputar as eleições de 2020.

O distanciamento de Dinha Pinheiro dos Martins foi antecipado pelo Blog Bequimão Agora. Ela ocupou a secretária nos últimos sete anos.

Em vídeo postado nas redes sociais, a agora ex-secretária conclama as mulheres a participarem da política. “Lugar de mulher é em qualquer lugar, inclusive na política”, disse.


Márcio Jerry apresenta Balanço de Mandato para auditório lotado

Jerry-balançoEm um auditório lotado em São Luís, na noite desta segunda-feira (5), o deputado federal Márcio Jerry apresentou um Balanço de Mandato Parlamentar dos primeiros seis meses atuando na Câmara dos Deputados. O evento contou com a presença de diversas lideranças do Maranhão, como as secretárias do Estado Ana Mendonça (Mulher), Flávia Alexandrina (Segep), Tatiana Pereira (Juventude), os prefeitos Roni (Mirador), Chico Freitas (Lagoa Grande do Maranhão), do vice-prefeito da capital, Júlio Pinheiro, bem como do Secretário de Obras E Serviços Públicos de São Luís, Antônio Araújo, além de representantes de movimentos sociais organizados, como Dai Sabino (presidenta da UJS), Raimundo Oliveira (presidente do SINPROESEMMA), Isaias Castelo (Sindicato dos Rodoviários) e Joel Nascimento (presidente da CTB).

Além da entrega de um livro com os principais pontos de sua atuação, Jerry destacou que o momento é de união das forças para tentar diminuir os retrocessos impostos pelo governo de Jair Bolsonaro (PSL). “Estamos no curso de um golpe que derrubou a presidenta Dilma sem crime de responsabilidade, que prendeu o ex-presidente Lula numa trama para que ele não participasse das eleições de 2018, em um processo viciado e ilegal”, afirmou o deputado do Maranhão.

Jerry também agradeceu aos que acreditam no modo de fazer política que o Partido Comunista do Brasil vem desenvolvendo no Maranhão, simbolizada principalmente pela reeleição do governador Flávio Dino. “Eu agradeço meus eleitores e digo que estou me esforçando muito para fazer por merecer os 134.223 votos de confiança que recebi. Eu não represento a mim mesmo, represento uma corrente de opinião, um modo de pensar da sociedade. Nossa bancada tem oito deputados, mas os desinformados podem pensar que somos 80, pois estamos todos os dias ocupando a Tribuna, participando das comissões e apresentando projetos de lei e emendas que defendem os direitos dos que mais precisam do Estado brasileiro”, declarou.

Para a Secretária Ana Mendonça, a presença de Márcio Jerry na Câmara dos Deputados é uma vantagem para os maranhenses. “Nós só temos a ganhar com ele em Brasília. Ali nós podemos contar com uma força que defende os direitos dos trabalhadores, os mais humildes, os invisíveis, crianças, jovens e adolescentes. Estamos muito satisfeito com os seis meses de parlamento, onde Jerry tem defendido os interesses do estado do Maranhão e do Brasil”, disse.

Já para o professor Alan Kardec, da Universidade Federal do Maranhão, Jerry também precisa ser lembrado por se debruçar sobre o Acordo de Salvaguardas Tecnológicas entre o Brasil e Estados Unidos. “O mandato do Márcio é forte e nos representa, é importante por diversos aspectos, como defender o direito dos professores, dos trabalhadores e do Brasil, como a questão de Alcântara, que defende a soberania nacional”, completou.

Com o fim do recesso parlamentar os deputados da Câmara encaram diversos desafios, como a votação do segundo turno da Reforma da Previdência, que apresenta risco para as aposentadorias. Nesta fase, o texto não pode ser alterado, mas os parlamentares podem propor a supressão de trechos do projeto.


Consórcio aprova ações prioritárias para integrar comunicação pública da Amazônia Legal

Robson Paz - Comunicação - Amazonia LegalDurante o Fórum de Governadores da região, realizado em Palmas, no Tocantins, a Câmara Técnica de Comunicação Pública, que congrega secretários dos nove estados, elegeu prioridades para promover políticas públicas integradas. A ideia é democratizar o acesso aos meios de comunicação e ampliar a divulgação das potencialidades da região.

Criação da agência de comunicação pública regional; compartilhamento de experiências e conteúdos entre os estados, além da constituição de uma rede de veículos de comunicação públicos e estatais são ações prioritárias apresentadas pela Câmara e aprovadas pelo Conselho Executivo do Consórcio. As propostas agora constam da carteira de projetos a serem implementados pela autarquia.“Há uma carência significativa de comunicação regional capaz de repercutir toda a potencialidade econômica, turística, cultural e social da Amazônia Legal. Nossa população consome em grande medida a agenda midiática imposta pelos grandes grupos de mídia do sudeste e sul do país”, avalia Robson Paz, secretário adjunto de Comunicação do governo do Maranhão.

Coube a ele e ao presidente da Câmara, Gilberto Ubaiara, secretário de Comunicação do Governo do Amapá, convencerem os conselheiros da viabilidade executiva e eficácia da estratégia de comunicação. “A comunicação pública integrada é fundamental  na construção deste rico momento político e administrativo da nossa região. A partir da consolidação deste bloco regional com a concretização do Consórcio, temos que avançar na efetivação dos projetos comuns”, diz Ubaiara.
camara comunicacao - robson paz
A carteira de projetos voltada para a comunicação prevê a criação de plataforma na internet, que abrigará toda a produção de conteúdos jornalísticos, publicitário e digital, além de congregar os veículos de comunicação pública existente em cada ente do consórcio. A mais vistosa ferramenta de comunicação à disposição do Consórcio são as emissoras de rádio e TVs públicas e estatais.

A Câmara contabilizou quase duas dezenas de rádios e TVs públicas e estatais na região. “Vamos fazer um trabalho de identificação de todas as emissoras e dialogar com as direções para que tenhamos o compartilhamento de conteúdo regional e construir relacionamentos capazes de viabilizar a troca de experiências para desenvolver produtos atraentes para o público”, afirma Daniela Assayag, secretária de Comunicação do Governo do Amazonas.

Também participaram da reunião do Fórum de Governadores da Amazônia Legal os secretários de Comunicação do Tocantins, Vieira de Melo; do Pará, Vera Oliveira; de Roraima, Marcos Marques; e do Acre, Silvania Pinheiro. A disposição e entusiasmo demonstrada pelos secretários e a determinação dos governadores, indica que a comunicação pública terá avanços proporcionais às dimensões territoriais da Amazônia Legal.