Alunos do Manuel Beckman e Aniceto Cantanhede recebem novas carteiras escolares

Carteiras escolaresEstudantes e professores dos Centros de Ensino Médio (CEM) Manuel Beckman e Aniceto Cantanhede do município de Bequimão receberam novas carteiras, mesas e ventiladores.
O material encaminhado pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc) é resultado de reivindicações apresentadas  por alunos, professores e gestores escolares durante visita do subsecretário Danilo Moreira (Educação) e secretário adjunto  e diretor da Rádio Timbira, Robson Paz (Comunicação).
Para o Manuel Beckman foram disponibilizadas 150 carteiras para alunos, oito mesas para professores e 11 ventiladores.
O CEM Aniceto Cantanhede recebeu 100 carteiras para alunos, cinco mesas para professores e oito ventiladores.
Danilo-Bequimão
Das 100 carteiras do Aniceto Cantanhede foi entregue metade e o restante será transportado, nos próximos dias.
Atualmente no Aniceto Cantanhede funcionam oito turmas à tarde, enquanto no Manuel Beckman funcionam 23 turmas, sendo nove turmas pela manhã e tarde e cinco turmas pela noite.

Alunos do IemaUV Bequimão recebem certificados de conclusão de cursos

WhatsApp Image 2017-05-12 at 13.07.41O Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia (Iema) Unidade Vocacional de Bequimão realizou solenidade de certificação dos alunos do segundo ciclo dos cursos ofertados pelo Instituto. A cerimônia foi presidida pelo secretário adjunto de Ciência e Tecnologia, André Belo.

Foram certificados alunos dos cursos de Agricultura Orgânica, Inglês Básico e Intermediário e Pedreiro de alvenaria. “São pessoas qualificadas e capacitadas que possuem um diferencial na disputa por uma vaga no concorridíssimo mercado de trabalho”, afirmou o gestor do IemaUV Bequimão, Emerson Pereira.WhatsApp Image 2017-05-12 at 13.08.02

WhatsApp Image 2017-05-12 at 13.07.54Ele agradeceu o governador Flávio Dino e destacou a importância da educação profissional. “Agradeço e parabenizo muito especialmente o Governador Flávio Dino por realizar este importantíssimo resgate do ensino técnico e profissionalizante no nosso Estado por meio da implantação dos IEMAs plenos e vocacionais em vários municípios do Maranhão. Parabéns! Pois a transformação do nosso Estado sem dúvida alguma passa por uma política educacional de qualidade, séria, e profissional como a que está sendo executado atualmente”, afirmou.

Emerson ressaltou o trabalho da Secretaria de Ciência e Tecnologia, colaboradores do Iema e os alunos. “Parabenizo todos os alunos concluintes pela determinação, entusiasmo e arrojo que tiveram durante o período de realização do curso. Agradeço a todos membros dos Secretaria se Ciência, Tecnologia e Inovação do Governo Flávio Dino: Secretários Jonathan Almada e André Belo, Pró Reitor Emanoel, Josélia, Graziela, Vanderluce, Anderson. Enfim, todos que nos dão todo o apoio necessário para desenvolvermos nosso trabalho“, disse.


Flávio Dino assina contrato com empresas e disponibilizará uniformes para alunos da rede pública

unnamedMais um passo importante foi dado, pelo Governo do Estado, rumo à implementação de uma política de educação efetiva, de qualidade e digna no Maranhão. O governador Flávio Dino assinou contrato com sete empresas maranhenses para aquisição de uniformes para estudantes da Rede Pública Estadual de Ensino. Com a distribuição de fardamento, além da valorização da educação, o Governo aquece a economia do estado, com investimento de quase R$ 6 milhões.

Durante a solenidade, Flávio Dino lembrou que há uma nova perspectiva para educação, adotada pela atual gestão, com investimento, entre outros, na reestruturação dos espaços físicos, investimento em programas de intercâmbio e distribuição de recursos do Bolsa Escola. Agora, mais uma ação importante que compreende a dimensão de valorização dos estudantes, de atenção à renda das famílias e de apoio ao empresariado local.

“São múltiplos os benefícios. Pela primeira vez haverá a distribuição de uniformes escolares para os alunos do ensino médio, com as cores da bandeira do Maranhão, personalizado de acordo com cada escola. Com esses produtos sendo adquiridos no mercado local, são centenas de empresas e de microempreendedores que terão oportunidade de trabalhar, com investimento de praticamente R$ 6 milhões”, destacou o governador.

Flávio Dino também ressaltou que, para além do estímulo à economia, os investimentos representam uma proteção aos orçamentos das famílias maranhenses. “São 700 mil camisas de uniforme escolar, um estímulo, também, aos alunos, e proteção à renda das famílias, uma vez que os vestuários se depreciam muito rapidamente. Nós estamos também ajudando as famílias nesse momento de crise econômica e recessão de emprego e esse conjunto de fatores faz com que estejamos felizes com mais um passo nessa implementação de uma política educacional completa”.

Os uniformes foram apresentados pelo secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão. Ao todo, serão 708.150 unidades de uniformes destinados a todos os alunos de escolas estaduais, em todas as modalidades e níveis de ensino. Cada aluno receberá do Estado dois blusões, com exceção das escolas militares, cujos fardamentos são exclusivos. Felipe lembrou que, além da confecção dos uniformes, as empresas contratadas pelo Governo do Estado realizarão a distribuição em todas as escolas.

“Mais uma ação inédita do governador Flávio Dino na área da educação. Pela primeira vez serão distribuídos uniformes escolares para os estudantes do ensino médio, pelas empresas maranhenses que ganharam a licitação, que irão fornecer esse material. De modo que servirá não apenas para garantir o fardamento para esses estudantes, melhorando a autoestima com uniformes personalizados para cada escola, mas também vai contribuir para o incremento da economia nesse segmento”, defendeu Felipe Camarão.

O investimento do Governo do Estado é na ordem de R$ 5.604.232,29. Recurso que vai aquecer o mercado de malharias e de confecção de uniformes no estado, e terá impacto em outros setores, conforme o secretário de Estado de Industria e Comércio destacou: “Este é um segmento hoje muito organizado que, inclusive, é sindicalizado, que vai a partir desse movimento importante impactar em mais de 600 pequenos negócios, porque essas empresas que ganharam as licitações vão fomentar nas demais empresas uma importante corrente, um importante arranjo produtivo, que vai, nos próximos anos, ser muito importante para a capital e para todo o Maranhão”.