Inscrições para cursos no Iema UV Bequimão começam nesta segunda (11)

As inscrições para os cursos profissionalizantes oferecidos pelo Iema (Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia) Unidade Vocacional Bequimão iniciarão nesta segunda-feira (11).

Serão ofertados os cursos de Inglês Básico, Mecânica de Motocicletas e Corte e Costura.

Os candidatos deverão realizar sua inscrição de acordo com o regulamento exigido no edital, do dia 11 a 13 de março, o edital e ficha de inscrição estão disponíveis aqui.

Em mensagem divulgada nas redes sociais, o reitor do Iema, Jhonatan Almada, convida os jovens de Bequimão a participarem dos cursos Formação Inicial e Continuada (FICs).


IEMA lança edital com mais de 2.000 vagas para cursos profissionalizantes

cursos iemaMais de 26 mil maranhenses já foram capacitados com os cursos profissionalizantes do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA), e para continuar qualificando a população, o reitor do IEMA, Jhonatan Almada, e o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, assinarão um edital com nova oferta de cursos de Formação Inicial e Continuada (FICs), na manhã desta sexta-feira (8), na reitoria do IEMA.

Serão 2.015 vagas neste primeiro semestre para cursos presenciais como panificação, estética, mecânica de motocicletas, cabeleireiro, informática, assistente administrativo, dentre outros. As capacitações serão oferecidas nos municípios de Açailândia, Barra do Corda, Bequimão, Caxias, Codó, Carolina, Coroatá, Imperatriz, Pinheiro, Pedreiras, Ribeirãozinho, São Luís, São Mateus e Timon.

“Mais uma iniciativa que reforça a importância que o governo dá para a educação maranhense. Mais de 2 mil vagas para Formação Inicial e Continuada (FICs) e oficinas de capacitação que beneficiarão jovens, adultos e idosos de 14 municípios maranhenses que querem se reinserir no mercado de trabalho”, destacou o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão.

De acordo com o reitor do IEMA, Jhonatan Almada, a procura pelas formações é grande e isso se deve à credibilidade do Instituto. “São milhares de maranhenses que desejam a oportunidade de se qualificar e possivelmente terem maiores chances de se empregar e/ou gerar sua própria renda. A confiança e credibilidade foram conquistadas ao longo de quatro anos de muito trabalho e seriedade na aplicação do recurso público”, disse.

Jhonatan Almada acrescentou que o governador Flávio Dino tem priorizado o investimento em educação. “Isso se materializa nesses cursos profissionalizantes que vão desde inglês básico a cursos mais complexos como operação de máquinas pesadas de forma que conseguimos atender às principais demandas das pequenas, médias e grandes cidades do Maranhão por profissionais qualificados”, explicou.

Milca Amarante é ex-aluna do curso FIC em ecodesign e disse que a capacitação trouxe muitos benefícios. “Esse curso do IEMA foi uma dádiva e veio para acrescentar demais na nossa vida. Nossas vendas eram mínimas e agora aumentaram 80%”, contou Milca sobre o aumento do rendimento financeiro que seu esposo Celso Nascimento e ela tiveram após a formação profissional no IEMA.

Após a assinatura para as novas vagas em cursos profissionalizantes, o Instituto disponibilizará o edital no site www.iema.ma.gov.br e, as inscrições estrarão abertas a partir do dia 11 de março, os candidatos deverão realizar sua inscrição de acordo com o regulamento do edital.

SERVIÇO:

O QUÊ? Assinatura de edital com mais de 2.000 vagas para cursos FICs
QUANDO? Nesta sexta-feira (8), às 9h
ONDE? Reitoria do IEMA (Avenida Jerônimo de Albuquerque, nº 61, Quadra Comercial C, Loteamento Quintandinha, Bairro Cohafuma, CEP 65074-199)


Educação profissional

untitledROBSON PAZ

Até pouco tempo atrás, fazer ensino médio e aprender uma profissão era um sonho distante para a maioria dos estudantes maranhenses. Isto porque a rede de ensino estadual não possuía nenhuma escola de ensino médio técnico profissionalizante.

A partir deste ano, foram criados os primeiros Iemas (Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão) plenos em São Luís, Bacabeira e Pindaré-Mirim. Os institutos são espaços de educação profissional em tempo integral. No próximo ano, serão inauguradas mais quatro unidades nos municípios de Axixá, Coroatá, São José de Ribamar e Timon.

Os Institutos dos municípios de Coroatá, Carutapera, Matões, Santa Helena e São Domingos já foram licitados e começaram a ser construídos. Nos municípios de Matões e Balsas, o governo já recebeu os terrenos, onde serão construídos os centros educacionais.

A meta estabelecida pelo governador Flávio Dino é implantar os Iemas em 23 municípios até 2018, com infraestrutura, equipamentos e pessoal para o desenvolvimento de cursos técnicos integrados ao ensino médio.

Outra inovação dos Iemas é a participação da sociedade civil no processo de definição dos cursos oferecidos. O trabalho tem também o apoio dos institutos de Corresponsabilidade pela Educação (ICE) e Sonho Grande, parceiros do governo no projeto de instalação do instituto.

Além das unidades plena, estão sendo implantadas Unidades Vocacionais, que ofertam cursos técnicos de curta duração.

Na última sexta-feira, 18, tive a oportunidade de participar ao lado do secretário Jhonatan Almada (Ciência e Tecnologia) da entrega da unidade vocacional do Iema, na cidade de Bequimão. Pude constatar a grandiosidade do trabalho em favor da educação profissional de jovens e adolescentes, nos últimos 22 meses.

Também vi a felicidade dos alunos com a iniciativa e os primeiros resultados das turmas de inglês básico agricultura orgânica. “A juventude agora tem mais oportunidade. Podemos agora aprender outra língua, sabemos que aprendendo inglês teremos mais oportunidade de emprego. É uma iniciativa muito boa do Governo do Estado para nós estudantes, pois em nosso município não existiam cursos gratuitos”, afirmou Claudiney Ribeiro, estudante de Inglês Básico.

Na unidade do município da Baixada são ministrados os cursos de agricultura orgânica, armador de ferragens e inglês básico. A rede dos Iemas plenos e vocacionais oferece mais de 20 cursos técnicos.

Também estão em pleno funcionamento as unidades vocacionais de Imperatriz, Codó e Caxias, além de duas na Praia Grande em São Luís, com capacitação em turismo e cinema; e outra no Estaleiro Escola, no bairro Anjo da Guarda, oferecendo formação em logística portuária. Em Ribeirãozinho, o foco é na produção de artefatos de couro. Assim, além de garantir mais oportunidade para a juventude, o governo explora as potencialidades econômicas de cada região.

É este um programa educacional e social de grande alcance para promover desenvolvimento e inclusão no Estado. Ao investir em conhecimento o governo pavimenta o caminho para reduzir desigualdades e promover justiça social.

Radialista, jornalista. Subsecretário de Comunicação Social e Assuntos Políticos


Governo Flávio Dino inaugura unidade vocacional do Iema em Bequimão

2016-11-18-photo-00000948Os jovens e adultos de vários municípios da Baixada Maranhense ganharam, desde a última quinta-feira (17), muito mais oportunidade de capacitação técnica para entrar no mercado de trabalho com a inauguração da unidade vocacional do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema) de Bequimão. A iniciativa do Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), atende a um antigo anseio da comunidade.

“A juventude do município de Bequimão agora tem mais oportunidade. Podemos agora aprender outra língua, sabemos que aprendendo inglês teremos mais oportunidade de emprego. É uma iniciativa muito boa do Governo do Estado para nós estudantes, pois em nosso município não existiam cursos gratuitos”, disse Claudiney Ribeiro, estudante de Inglês Básico.iemabeq

De acordo com o secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação, Jhonatan Almada, esse momento tem um grande significado para o desenvolvimento educacional do Estado. “Com esta inauguração, cresce ainda mais a rede de educação profissional do Iema e vai se consolidando no Estado. Agradecemos as pessoas que têm acreditado nos cursos que estamos oferecendo, sabemos que existe uma demanda reprimida muito grande. É um acerto do Governo Flávio Dino não só em ter criado o Iema, quanto estar fornecendo as condições necessárias para que ele possa se expandir”, disse o secretário.

2016-11-18-photo-00000949O secretário-adjunto de Estado da Comunicação e Assuntos Políticos, Robson Paz, natural de Bequimão, participou da inauguração e destacou que a ação é muito importante para a comunidade.

“É a realização de um grande sonho do nosso povo, que buscava ter oportunidade de adquirir mais conhecimento e assim ter uma preparação melhor para ter espaço no mercado de trabalho. O Instituto chega em um momento muito importante, que o município cria grandes condições de prosperar e ter mais desenvolvimento com diversas ações que estão sendo realizadas pelo Governo do Estado”, destacou Robson Paz.dsc_0006

Para o estudante Evandro Rodrigues, o aprendizado do inglês vai ser muito importante para sua vida. “Esse curso vai abrir muitas portas para mim. Sou muito grato ao governador Flávio Dino por esta proporcionando não só para Bequimão, mas para outros municípios que já têm ou vão receber o Iema, mais qualificação e capacitação para os jovens que querem aprender e ser pessoas melhores”, relatou Evandro.

Na oportunidade, os estudantes do curso de Inglês Básico apresentaram um coral, mostrando os primeiros resultados do curso. A unidade também abriga os cursos de Armador de Ferragens e Agricultura Orgânica. A sede do Instituto, localizado às margens da Avenida Itapetininga, Bairro de Fátima.

Sobre as unidades vocacionais

Desenvolvidas para promover a formação profissional e técnica de jovens e adultos, articulada com as demandas dos setores produtivos e regionais, as unidades vocacionais visam atender às demandas existentes de formação profissional, tendo em vista sua inserção produtiva na perspectiva de melhorar os indicadores econômicos e sociais do estado. As unidades objetivam contribuir com o acesso de diversos maranhenses ao mercado de trabalho mediante uma formação profissional técnica. Na capital, são três unidades: São Luís/Praia Grande, São Luís/Escola de Cinema e São Luís/Estaleiro Escola.

No interior do estado, as cidades a serem contempladas com unidades vocacionais são Caxias, Imperatriz, Barra do Corda, Açailândia, Santa Inês, Brejo, Codó, Pinheiro, Pedreiras e Carolina.


Iema Vocacional em Bequimão