Na mira dos Sarney, blogueiros e ativistas digitais defendem a Rádio Timbira

Do Barão de Itararé

FELIPE BIANCHI

timbira_1Patrimônio do povo maranhense e símbolo dos esforços por uma comunicação mais democrática no estado, a Rádio Timbira recebeu a solidariedade de comunicadores e ativistas digitais de 17 estados do país, reunidos no 6º Encontro de Blogueir@s e Ativistas Digitais. Durante o evento,que ocorreu nos dias 25 e 26 de maio, em São Paulo, foi aprovada uma moção de repúdio aos ataques que a emissora vem recebendo por parte da oligarquia Sarney.

Nós (…) repudiamos as recentes ameaças contra a liberdade de expressão e pluralidade de vozes que representaram os recentes anúncios de ações judiciais contra a emissora pública do Maranhão, a Rádio Timbira, e contra blogues independentes no estado.

De caráter público, a Rádio Timbira AM foi recuperada durante o governo de Flávio Dino (PCdoB-MA) e encontra-se na mira de fogo da família Sarney, acostumada a dominar e monopolizar a mídia maranhense e responsável pelo sucateamento da emissora. Através do deputado Eduardo Braide (PMN-MA), o clã e seu grupo político representaram contra a Rádio Timbira na Procuradoria Regional Eleitoral.

Diretor-Geral da emissora, Robson Paz criticou duramente a tentativa de censura. Em publicação no seu perfil no Facebook, Paz relembra que a censura é uma prática do sarneysmo que vem desde a época da ditadura, assim como o uso de seu império midiático para manter o povo alienado. Leia na íntegra:

Dono de um império midiático, Sarney ameaça em seu jornal retirar a Rádio Timbira do ar apenas por esta ousar informar a população maranhense. Não admite ver a emissora, extinta por Roseana Sarney, reestruturada e fazendo comunicação plural, ética, democrática e cidadã.

A censura é prática do sarneysmo desde a época da ditadura. Não satisfeitos em sucatear e extinguir a Rádio Timbira, governo Roseana Sarney proibiu a participação de ouvintes, em 2014. Por isso, usam laranjas para tentar calar a voz do povo do Maranhão. Absurdo!

Incômodo de Sarney e áulicos é porque a Rádio Timbira leva ao conhecimento da população informações de interesse público, que o império midiático de Sarney censura diariamente para tentar manter o povo alienado.

Exonerado ilegalmente da direção da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) por Michel Temer, o jornalista Ricardo Melo também falou sobre o caso. Atualmente na Rádio Trianon, de São Paulo, Melo afirmou, no ar, que a Rádio Timbira está sendo ameaçada de ser fechada pela oligarquia Sarney em dobradinha com a Rede Globo, no Maranhão. “A Rádio Timbira está para o Maranhão como a Rádio Cultura está para São Paulo. É ligada ao governo do estado, mas presta imenso serviço à população não apenas na questão de entretenimento e serviços públicos, mas também no que diz respeito ao jornalismo. Não é à toa que foi sucateada durante o governo de Roseana Sarney”.

Assista na íntegra:

Carta de São Paulo

Além de aprovar moção em defesa da Rádio Timbira, o 6º Encontro de Blogueir@s e Ativistas Digitais reafirmou, no documento final do evento, a exigência pela liberdade de Lula, o esclarecimento do assassinato de Marielle Franco, a demissão de Pedro Parente da presidência da Petrobras e a realização de eleição livre e democrática em outubro de 2018.

O evento reuniu mais de 175 comunicadores, promovendo debates e rodas de conversa sobre a luta pela democratização da comunicação e a resistência ao golpe em curso no país, amplamente sustentado pelos grandes meios de comunicação.

Leia a íntegra da carta aqui.


Jornalista Ricardo Melo da Rádio Trianon critica tentativa do grupo Sarney de retirar Timbira do ar

O ex-presidente da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) jornalista Ricardo Melo manifestou solidariedade à Rádio Timbira AM e criticou a tentativa do grupo Sarney, por meio do PMN, de retirar a emissora pública do ar por até seis meses.

Veja o comentário:


Ditadura? Oligarquia Sarney quer tirar Rádio Timbira do ar

Do Blog do Garrone

Rádio TimbiraDepois de ameaçar a imprensa com denúncias à Polícia Federal por causa de um meme, a oligarquia Sarney agora parte para cima da Rádio Timbira. O PMN, do deputado estadual Eduardo Braide, atendendo aos interesses do clã, representou contra a emissora na Procuradoria Regional Eleitoral. A tentativa de censura está clara em ambos os casos.

“Dono de um império midiático, Sarney ameaça em seu jornal retirar a Rádio Timbira do ar apenas por esta ousar informar a população maranhense. Não admite ver a emissora, extinta por Roseana Sarney, reestruturada e fazendo comunicação plural, ética, democrática e cidadã”, desabafou indignado o diretor da Rádio, o jornalista Robson Paz.

“A censura é prática do sarneysmo desde a época da ditadura. Não satisfeitos em sucatear e extinguir a Rádio Timbira, governo Roseana Sarney proibiu a participação de ouvintes, em 2014. Por isso, usam laranjas para tentar calar a voz do povo do Maranhão. Absurdo!”, detonou.

“Incômodo de Sarney e áulicos é porque a Rádio Timbira leva ao conhecimento da população informações de interesse público, que o império midiático de Sarney censura diariamente para tentar manter o povo alienado”, completou Paz.

Donos de um império midiático que passa o dia a moer reputações dos seus adversários, os sarneyzistas querem que somente uma voz seja ouvida durante as eleições de outubro. Essa estratégia nada mais é do que a certeza que eles têm de que no voto não conseguirão vencer o governador Flávio Dino.

O jeito é apelar para outras formas.


Dia da Mulher: Rádio Timbira tem programação especial apresentada por mulheres

Dia da Mulher - Rádio TimbiraDurante toda a quinta-feira, 8 de março, Dia Internacional da Mulher, a Rádio Timbira oferece programação especial toda feita por mulheres. Produtoras, repórteres e locutoras tomaram conta dos estúdios da Nova 1.290 kHz, transformando a data de homenagens em um dia de muito trabalho e reconhecimento.

“É um prazer e uma honra hoje essa grande homenagem da Rádio Timbira AM. Empoderando as mulheres, dando com exclusividade vez a voz feminina. Adorei a iniciativa. As mulheres são capazes de fazer qualquer coisa e elas são valorizadas aqui na rádio, e eu faço parte desse time”, conta a jornalista e radialista, Mônica Moreira Lima que, pela primeira vez, apresentou o Comando da Manhã.

“São as mulheres que estão aqui nas redações, nos bastidores, e que juntas fazemos o melhor do conteúdo, da programação de qualidade. São grandes profissionais mostrando o seu valor. É muito bom participar desse momento de empoderamento feminino e de fortalecimento da voz e da vez da mulher”, completa Mônica.

A iniciativa da rádio, conta o diretor e secretário adjunto de Comunicação do Governo do Estado, Robson Paz, foi colocar as mulheres como protagonistas neste dia especial.

“As mulheres têm um papel fundamental ao longo da nossa programação, seja na produção, na apresentação ou nas reportagens, mas hoje nós buscamos, exatamente pelo simbolismo do Dia da Mulher, o convite à reflexão do importante papel profissional desempenhado pelas mulheres, e felizmente tem sido tem sido uma experiência exitosa”, explica o diretor da Timbira.

“A iniciativa foi abraçada por todas as profissionais e também muito elogiada pelos ouvintes que viram exatamente nisso uma forma de refletir e discutir sobre a luta das mulheres por igualdade, por igualdade de espaço, por igualdade de direitos e, felizmente, nós temos tido uma receptividade muito grande por parte dos ouvintes”, completa Robson Paz.

Do primeiro programa do dia, o De Primeira, até o Revista da Noite, as mulheres conduzem a programação. Inclusive num espaço que durante muito tempo foi apenas dos homens, o jornalismo esportivo.

Na liderança do Fome de Bola deste dia 8 de março, a jornalista e editora do portal da Rádio Timbira, Danielle Kline, falou sobre rodada do Campeonato maranhense de igual para igual com os ouvintes da rádio.

“A gente destaca justamente essa importância numa área que sempre foi desenvolvida por homens, não só na rádio maranhense, mas em todo o Brasil. Trazer hoje mulheres falando de esporte, falando de futebol, de futebol maranhense é inovador”, conta Danielle.

Além do caráter inovador, a Rádio Timbira também comemora a criação de novas oportunidades.

“É um dia diferente, além de homenagear as mulheres por meio de toda a programação, esse dia também ajuda a colocar novas vozes em destaque; hoje nós iniciamos muitas mulheres que ainda não tinham tido a oportunidade de apresentar programas, e agora estão começando suas carreiras em evidência”, conta Danielle Kline, que começou a carreira na Timbira.

No dia especial, a programa da Nova 1.290 ficou assim:

De Primeira – Flavianny Duarte
Comando da Manhã – Mônica M Lima
Jornal das Onze – Thaís Andrade / Daniele Kline
Ronda 1290 – Thayane Maramaldo
Fome de Bola – Daniele Kline
Contraponto – Maria Spíndola 
Coisa Nossa – Gisa Franco
Papo Cabeça – Daniela Bandeira / Leticia Castro
Reggae Night – Elizabeth Lago
Revista da Noite – Leticia Castro / Daniela Castro

Resenha Noturna – Marileide Lima

Madrugada Informativa – Vilma Santos


Assembleia Legislativa homenageia Nova 1290 Timbira pelos 76 anos

homenagem_a_timbiraEm celebração aos 76 anos de fundação da rádio Nova 1290 Timbira, completados no mês de agosto, a Assembleia Legislativa do Maranhão prestou homenagem, nesta quinta-feira (28), à emissora do Governo do Estado. A honraria foi proposta pelo deputado estadual Marco Aurélio (PCdoB) e aprovada por unanimidade pelos demais parlamentares da casa.

A solenidade contou com a participação do secretário de Estado da Comunicação Social, Márcio Jerry, do diretor geral da rádio, Robson Paz, do coordenador de Jornalismo, Ribamar Praseres, além de produtores, locutores e repórteres que integram a equipe de jornalismo da rádio mais antiga do Maranhão.

De acordo com Márcio Jerry, a rádio Nova 1290 Timbira tem uma forte presença na cena da radiodifusão maranhense e é considerada um patrimônio do povo do estado. “Patrimônio resgatado pelo governador Flávio Dino que tem investido muito para que a rádio possa cumprir esse papel tão importante que ela cumpre hoje, de oferecer informação com qualidade, de ser um espaço de diálogo, de participação da comunidade e ser, portanto, uma rádio cidadã”, ressaltou o secretário.

Para ele, muitos avanços foram conquistados nos últimos dois anos e nove meses, pois a Nova 1290 Timbira já aumentou seu raio de alcance em parceria com outras emissoras do estado, em determinados momentos do dia funciona como cabeça de rede dessas emissoras e também está em uma plataforma digital que faz com que ela possa ser alcançada através da internet, permanentemente, 24 horas por dia. “Além de ser uma rádio muito eficiente, plural, diversificada, é também uma rádio extremamente moderna”, reiterou Márcio Jerry.

Autor do requerimento que propôs a homenagem à Rádio Timbira, o deputado Marco Aurélio abriu a sessão solene enfatizando a justa homenagem que a Assembleia aprovou por unanimidade. “São 76 anos de uma comunicação social que por tempos chegou a, de forma proposital, ser tirada de uma pauta onde dava oportunidade para o povo participar. E no Governo Flávio Dino ela tem essa cara do resgate, de democratizar o espaço da comunicação social, onde a comunicação não se faz apenas com a informação de uma via, mas, acima de tudo, com a interação”, afirmou o parlamentar.

Para Marco Aurélio, um dos pontos fundamentais que norteiam tanto a comemoração dos 76 anos da Rádio Timbira quanto a homenagem prestada a emissora é a participação popular, pois o Governo se mostra disposto a ouvir as vozes e atender as reivindicações. “A gente fica extremamente feliz nessa homenagem aos 76 anos de história da Rádio Timbira, homenageando também todos que fazem essa comunicação em sua rotina”, completou o deputado.

História e resgate

Rádio mais antiga do Maranhão, que teve como primeiro nome Rádio Difusora, a Timbira reflete, em grande medida, a história da comunicação no estado do Maranhão, segundo o diretor geral da rádio, Robson Paz. “Ela foi a pioneira do estado, fundada em 1941, e tem uma história de muitas glórias na comunicação do estado, grandes nomes, consagrados apresentadores, expressões da cultura e da comunicação maranhense”, realçou.

Durante o seu discurso, Robson Paz lembrou que a Timbira também teve momentos de muitas dificuldades, de resistência, e agora está passando por um momento de completa reestruturação. “Desde que o governador Flávio Dino assumiu, ele prioriza a comunicação pública, fazendo a complementaridade da comunicação dos sistemas comerciais, estatais e a comunicação pública. A rádio tem tido um investimento muito significativo, com resultados concretos, com a participação dos ouvintes, com a melhoria da infraestrutura da rádio, e que culmina, também, em oferecer um conteúdo com absoluta qualidade para nossa população”, frisou Robson Paz.

A solenidade na Assembleia Legislativa contou com a participação de expoentes da história do rádio maranhense e de profissionais da radiodifusão de todo o estado. A rádio Nova 1290 Timbira opera no dial AM, na frequência 1290 kHz.


Câmara Municipal de São Luís presta homenagem aos 76 anos da rádio Nova 1290 Timbira

Timbira-RobsonPazEm celebração aos 76 anos de fundação da rádio Nova 1290 Timbira, completados no mês de agosto, a Câmara Municipal de São Luís prestou homenagem, nesta segunda-feira (18), à emissora do Governo do Maranhão. A homenagem foi proposta pelo vereador Raimundo Penha (PDT) e aprovada por unanimidade pelos demais vereadores da casa.

Além da emissora, foram homenageados o diretor geral da rádio, Robson Paz; o coordenador de jornalismo, Ribamar Praseres; assim como os produtores, locutores e repórteres que integram a equipe de jornalismo da rádio mais antiga do Maranhão, que teve como primeiro nome Rádio Difusora.

Autor do requerimento que propôs a homenagem à Rádio Timbira, o vereador Raimundo Penha abriu a sessão destacando a importância da troca de informação entre o agente público e a população por meio do veículo radiofônico. “Estou muito feliz por ter tido a oportunidade de ir à Rádio Timbira e conhecer as instalações”, disse.

“As redes sociais e a Rádio Timbira têm se empenhado para que as pessoas tenham voz e vez. Essa é a forma que o cidadão tem de falar do hospital, da escola do filho, do bairro, levando sugestões aos gestores. Não há nada mais justo do que esta homenagem a quem garante ao cidadão o direito de expressão”, acrescentou Raimundo Penha.

Novo momento

Ao receber a placa de homenagem, o diretor geral da Rádio Timbira, Robson Paz, relatou o novo momento da emissora, atribuindo o desenvolvimento na comunicação aos investimentos realizados pelo governador Flávio Dino.

“É um momento de muita alegria para todos nós que fazemos parte da [Nova 1290] Timbira. A rádio já teve momentos mágicos, esplendorosos, e que hoje vêm sendo resgatado pela nossa gestão. É o momento da radiofonia maranhense, com a contratação de grandes profissionais e com investimentos importantes realizados durante o Governo Flávio Dino”, disse Robson Paz.

Ele frisou o caráter democrático da emissora que preza pela participação dos ouvintes. “Hoje existe um espaço de absoluta democracia, onde os ouvintes participam de forma livre, garantindo assim um direito importante e fundamental do ser humano, que é o direito de liberdade de expressão, dando o acesso às informações”, completou.

O diretor geral adiantou os próximos passos da Nova 1290 Timbira. “O próximo passo será o aproveitamento da convergência das mídias. Outro ponto é a implantação da TV Web, como também a soma das diversas plataformas das redes sociais, onde temos a presença muito forte e muita intensa da população”, informou.

Robson Paz também contou que a rádio vai entrar na frequência FM. “A ideia é cada vez mais levar informação, fazendo com que o Maranhão fale com o Maranhão”, disse.

Democratização

O presidente do Sindicato dos Jornalistas do Maranhão, Douglas Cunha, destacou a importância do jornalismo levado ao ar pela emissora. “Hoje a Rádio [Nova 1290] Timbira resgata a força da comunicação, levando a cada dia mais informação para o povo nos 217 municípios. Ela foi ameaçada, mas ressurgiu. Hoje a Rádio Timbira vive uma nova história e a gente fica muito feliz por essa recuperação e sua valorização”.

Para o presidente do Sindicato dos Radialistas do Maranhão, José dos Santos Freitas, conhecido como J. Kerly, os passos dados pela Timbira nos últimos três anos representam um grande avanço. “Essa luta de democratização dos meios de comunicação no Brasil é antiga, da qual o Maranhão faz parte, e isso é importante”, frisou.

Sobre a emissora

A rádio Nova 1290 Timbira opera no dial AM, na frequência 1290 kHz. A emissora foi fundada em 1941, sendo a primeira emissora de rádio do Maranhão.


Concurso para a polícia sai ainda neste ano, diz Flávio Dino

O Maranhão vai ter concurso público para novos policiais ainda neste ano. O anúncio foi feito nesta terça-feira (18) pelo governador Flávio Dino, durante entrevista à Rádio Timbira, transmitida para quase 40 emissoras de todo o estado.

“Temos feito um esforço bastante grande de qualificação e recomposição do contingente da polícia. Temos hoje um número recorde de policiais, de mais de 12 mil, após muitas contratações e nomeações”, disse.

Flávio afirmou que, se contar policiais militares, civis e bombeiros, são quase 3 mil nomeações desde 2015.

“Agora é hora de novo concurso. Já autorizei a Polícia Civil, a Militar e os Bombeiros para que façam o edital e que as provas saiam neste ano, para que no próximo tenhamos mais policiais nomeados.”

Ele também lembrou a distribuição de 577 viaturas aos municípios maranhenses nestes pouco mais de dois anos. Flávio ainda disse que em 2017 serão entregues mais 130 novos carros e 100 novas motociclistas.

“Vamos entregar 230 novas viaturas neste ano para os policiais novos que chegarem encontrem os veículos novos, além dos equipamentos que temos comprado”, afirmou.