VÍDEO | Escolinha CAJ do Jacioca encerra participação no Maranhense com vitória

A Escolinha de Futebol do Clube Atlético Juventude (CAJ) do povoado Jacioca-Bequimão encerrou a participação no Campeonato Maranhense de Futebol 7 com vitória sobre o Slacc de São Luís por 2 a 0, no shoot out, após empate em 2 a 2 no tempo normal.

Os gols do CAJ foram marcados por Gabriel e Richarlison, no tempo normal. No  shoot out, Gabriel e Jadiel converteram para o Atlético Juventude.

Com o resultado, o CAJ terminou a competição com 4 pontos ganhos, sem chances de avançar para a segunda fase. Na classificação geral, o time do interior de Bequimão é o 12º colocado entre as 25 equipes, que participam da categoria Sub 11.

Em quatro jogos, o CAJ empatou três contra Cruzeiro Aririzal (derrota no shoot out), Juventude Maranhense (derrota shoot out) e contra o Slacc (vitória no  shoot out). A única derrota no tempo normal foi contra o Flamengo por 3 a 0.


Câmara de Comunicação Pública propõe criação de plataforma para integrar Amazônia Legal

Camara Set ComUm dos principais objetivos da Câmara Setorial de Comunicação Pública – que integra o 17° Fórum de Governadores da Amazônia, em Macapá –  é levar a cada cidadão informações sobre políticas públicas desenvolvidas pelos estados membros. Nesse sentindo, a Câmara propõe a criação da Agência Amazônia, uma plataforma digital que reunirá informações regionais. A proposta foi debatida nesta quinta-feira, 28, primeiro dia do Fórum, pelos secretários de Comunicação do Acre, Amapá, Pará, Roraima, Rondônia, Maranhão e Mato Grosso.

O secretário adjunto de Comunicação do Maranhão, Robson Paz, frisou que a iniciativa é fundamental para integrar os estados e garantir mais visibilidade à Amazônia Legal.

Robson Paz - Camara“Seria um portal alimentado pelas secretarias de Comunicação, no qual o usuário poderá visualizar um panorama do que está acontecendo no Amapá, Roraima ou Rondônia, por exemplo. O custo seria mínimo”, ressaltou Robson Paz. A proposta de criação da Agência Amazônia deve ser incluída na Ata da Câmara Setorial como sugestão aos governadores no segundo e último dia do fórum, nesta sexta-feira, 29.

Para o secretário de Comunicação do Amapá, Gilberto Ubaiara, a proposta surge como uma política integrada a outras ações do 17º Fórum, a exemplo do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia Legal – autarquia na modalidade de associação pública, com autonomia para captar recursos, promover investimentos e executar projetos de interesse comuns aos nove estados membros. “Vamos colocar a proposta da Agência Amazônia a serviço do Consórcio Interestadual. Com os governadores aprovando, vamos operacionalizar todo o aparato necessário para a regulamentação”, pontuou.

Outro ponto de destaque foi a exposição sobre o tema “Gestão de Crise Transfronteiriça” ministrada pelo secretário de Comunicação de Roraima, Markinho Marques. Na apresentação, ele citou as medidas adotadas para lidar com os impactos midiáticos causados pela imigração de milhares de venezuelanos. Temas como Mídia Digital e Governança, também entraram na pauta da Câmara de Comunicação Pública no 17º Fórum.

Fórum de Governadores

O Fórum de Governadores da Amazônia Legal foi criado, em 2008, com o objetivo de levantar propostas comuns de desenvolvimento sustentável, que possam ser implementadas pelos nove estados que compõem a região: Amapá, Acre, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Rondônia, Roraima, Pará e Tocantins.

São criadas Câmaras Setoriais para se discutir os temas e, ao final de cada encontro, os governadores elaboram uma carta contendo as principais demandas comuns a todos os estados, a fim de que as reivindicações sejam evidenciadas à sociedade civil e poderes constituídos. No 17º Fórum, as Câmaras Setoriais abordam os seguintes temas: Comunicação Pública, Segurança Pública, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e Consórcio Interestadual.


VÍDEO | Governador Flávio Dino entrega certificado de apoio aos clubes maranhenses de futebol

O governador do Maranhão, Flávio Dino e o secretário de Esporte e Lazer, Rogério Cafeteira, entregaram, na manhã desta terça-feira (19), o certificado de apoio aos clubes que disputam o Campeonato Maranhense de Futebol 2019. A ação é realizada por meio da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte, desenvolvida em parceria com a Companhia Energética do Maranhão (Cemar). A iniciativa destinou R$ 1,2 milhão em apoio a oito equipes maranhenses.

Em seu discurso, o governador Flávio Dino destacou sobre a importância de subsidiar ações esportivas, contribuindo com o desenvolvimento dos atletas e dos clubes maranhenses. “O Brasil é um país marcado por muitas desigualdades sociais, e isso faz com que qualquer despesa pública seja questionada. Por isso, faço questão de enaltecer que o esporte jamais deve ser visto como mau uso de dinheiro público.  Sabemos dos efeitos benéficos que uma política pública para o esporte traz.  Realizamos esse investimento todos os anos com convicção, porque achamos que o esporte é fundamental para que haja a qualidade de vida do cidadão, o bem viver, assim como também o incentivo a prática saudável ”, comentou.

O governador deu ênfase a edição do evento de 2019 por estar vinculado ao mês dedicado às campanhas de proteção a mulher, em razão do dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher. “Nós estamos integrando os times de futebol e os dirigentes, todos aqueles que fazem o campeonato maranhense nesse esforço de difusão de uma cultura da paz e de garantia dos direitos humanos, marcadamente no que se referem as campanhas da Secretaria de Estado da Mulher”, frisou.
Flávio Dino-clubes futebol
À frente da Secretaria de Esporte e Lazer, o secretário Rogério Cafeteira pontuou o papel do Estado no incentivo à prática esportiva. “Esse certificado, que representa o total aporte financeiro que o Governo do Maranhão propicia aos atletas tem como função o fomento as categorias da série A, e, neste ano, em especial, o custeio da campanha de combate a violência contra a mulher, além de todo o apoio logístico do futebol maranhense de 2019. A ideia é garantir a participação dos atletas em competições nacionais, elevando os times maranhenses”, avaliou.

A Sedel, responsável por coordenar os trabalhos, visa alcançar os múltiplos objetivos do Campeonato Maranhense de Futebol 2019, que é de manter a competição para diversão e lazer, além de garantir que os clubes possam funcionar como formadores de novos atletas e geradores de novas oportunidades de trabalho. O terceiro ponto e um dos mais importantes é a concretização da campanha de proteção às mulheres.

“O nosso foco é que todos que frequentem os estádios possam ter o contato com a mensagem da nossa campanha de proteção e promoção dos direitos das mulheres, disseminando essa ideia para todos os outros locais”, enfatizou Rogério Cafeteira.

O presidente da Federação Maranhense de Futebol, Antônio Américo, falou do atual cenário do futebol maranhense. “Hoje nós estamos no momento do futebol onde temos 3 representantes na Copa do Brasil, coisa que nunca havia acontecido na história do futebol maranhense. Com esse apoio, já estamos vendo os nossos times evoluindo. Sérgio Frota colocou o Sampaio na série B e espero que o retorne. O Maranhão Atlético Clube sempre teve uma administração bem realizada e a agora o Moto Clube que está se organizando para ir em primeiro lugar na tabela. Fatos que deixam o esporte maranhense mais empolgado”, analisou.

Representantes do Cordino Esporte Clube, Pinheiro Atlético Clube, Sociedade Imperatriz de Desportos, Maranhão Atlético Clube, Moto Club de São Luís, Sampaio Corrêa Futebol Clube, Santa Quitéria Futebol Clube e São José de Ribamar Esporte Clube, receberam o certificado de colaboração do Governo do Estado.

O presidente do Santa Quitéria, Juca Baleia, ressaltou sobre a importância do apoio aos clubes maranhenses. “A ajuda é de grande envergadura, pois todos os times precisam dessa força que o Governo dá para elevar o nível do nosso campeonato e levar o nome do Maranhão para as competições externas”, comemorou.

Para o presidente do MAC, Robson Paz, a parceria gera renda e mais postos de trabalho. “O apoio aos clubes dinamiza um segmento muito importante para nossa economia que é a cadeia produtiva do esporte, gerando mais postos de trabalho e renda”, disparou.

O presidente do Moto, Natanael Júnior, destacou a importância da parceria. “Essa ajuda é importantíssima para os clubes porque nós formamos cidadãos e também atletas, e a porta de entrada deles no futebol é Moto, Sampaio, Maranhão, Imperatriz e as outras equipes”.

Já o presidente do Sampaio, Sérgio Frota, também ressaltou a ajuda do Governo ao futebol. “É importante o poder público, através do Governo do Maranhão, ter essa visão sensível em relação à política pública de esporte, em especial ao futebol do nosso estado”, disse Frota.


Povoado Jacioca e região ganham Escolinha de Futebol gratuita para crianças

CAJ sub 11Dezenas de crianças dos povoados Jacioca, Mojó, Baixo Escuro, Frederico e região participam da Escolinha de Futebol do Clube Atlético Juventude (CAJ), em Jacioca, município de Bequimão.

As atividades começaram em fevereiro passado, com alunos da categoria Sub 11, treinados pelo jogador de futebol amador Zé Fernando.

A escolinha é uma iniciativa da ONG Coexista com apoio do jornalista Robson Paz, vereador Fredson (PCdoB), ex-vereador Elanderson, professor Emerson, médico Luiz Gonzaga Júnior, Ubiraney Cristiano, Bruno Herisson e das empresas Lívia Variedades, Casa do Alho e Varejão Primos.

Com inscrições gratuitas, os pequenos atletas da Escolinha CAJ recebem kit com uniforme, coletes, meiões e caneleiras. Os organizadores também disponibilizam todo material esportivo, como bolas, cones, pratinhos, entre outros, necessários para os treinos.

De acordo com os organizadores, o objetivo é desenvolver um trabalho social conjugando atividades esportivas, educação, saúde e cidadania. “É uma oportunidade para as nossas crianças desenvolverem suas habilidades esportivas e estimular o desempenho na escola. Os alunos terão as atividades escolares avaliadas a cada três meses. Isto para estimular a melhoria da aprendizagem e promover cidadania”, afirma o vereador Fredson.

Em sua conta nas redes sociais, o jornalista e radialista Robson Paz destacou a importância do projeto social.